Diniz busca reencontrar equilíbrio da defesa do São Paulo

O início de temporada do São Paulo foi promissor, porém o clube foi eliminado pelo Mirassol no Campeonato Paulista e deu adeus à possibilidade de conquistar um título ainda em 2020. Desde o retorno do futebol, a maior preocupação de Fernando Diniz foi a defesa, que sofreu sete gols em apenas três partidas disputadas no estadual.

Facilmente vazado por cima e por baixo, o sistema defensivo do São Paulo foi o ponto baixo do Tricolor no Paulistão. Por outro lado, o ataque do time correspondeu. Com 21 gols marcados em 13 jogos, a equipe se despediu da competição com o melhor ataque dentre as 16 equipes da primeira divisão.

Considerando a discrepância entre os números defensivos e ofensivos, é curioso observar como o cenário do São Paulo no final da temporada passada era inverso. Afinal, os comandados de Diniz encerraram o Brasileirão de 2019 com a melhor defesa do campeonato, com 30 gols sofridos em 38 partidas.

Os principais responsáveis por essa marca positiva foram Bruno Alves e Arboleda, que se firmaram como titulares no miolo da zaga e trouxeram segurança para o sistema defensivo. Além disso, Tiago Volpi também foi um dos melhores goleiros da competição, fazendo uma série de defesas importantes.

Portanto, Diniz busca encontrar o equilíbrio no time para o início do Brasileirão deste ano. O treinador procura uma maneira de deixar a equipe menos exposta, porém sem abrir mão do modelo de jogo ofensivo que tanto valoriza.

O primeiro teste do Tricolor após a eliminação para o Mirassol será no dia 9 de agosto, contra o Goiás, às 16h, fora de casa, pela rodada inicial do Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.