Denilson regride em recuperação e volta a se tratar no Reffis

Fora das últimas três partidas do São Paulo, Denilson regrediu em sua recuperação e vai seguir como desfalque para o técnico Muricy Ramalho. Ele novamente acusou incômodo na coxa direita e, nesta quinta-feira, voltou a fazer tratamento fisioterápico no Reffis.

O volante sofreu uma contratura no músculo posterior da coxa durante a derrota para o Goiás, em 22 de setembro. Desde então, foi desfalque em duas partidas do Campeonato Brasileiro (contra Grêmio e Santos) e no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-americana, contra a Universidad Católica.

Denilson tem frequentado o departamento médico com frequência neste segundo semestre. Em julho, ele passou por artroscopia no joelho direito e ficou um mês em recuperação, voltando a atuar diante da Ponte Preta, no último dia 12. Dez dias depois, porém, machucou-se mais uma vez.

É provável que a lesão na coxa seja, inclusive, decorrência do período de inatividade ocasionado pela cirurgia. A exigência física na volta aos gramados, depois de muito tempo sem atuar, pode ter forçado sua musculatura.

Além dele, continuam no Reffis os zagueiros Rafael Toloi e Roger Carvalho e o lateral esquerdo Thiago Carleto. Nenhum dos quatro tem condição de enfrentar o Vitória, às 21 horas (de Brasília) de sábado, no Morumbi, em duelo válido pela 25ª rodada da competição nacional.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

 

NOta do PP: Isso é muito comum em situações iguais a que nos encontramos. Os jogadores adoram ficar no Reffis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.