Contra o Lanús, São Paulo tenta frear sequência negativa contra argentinos

Nesta quarta, às 19h15 (de Brasília), o São Paulo inicia sua jornada na Copa Sul-Americana contra o Lanús. Reconhecido no continente pelas suas conquistas no passado, o Tricolor busca readquirir o status de outrora. O primeiro passo é quebrar o tabu incômodo contra equipes da Argentina em competições internacionais. Nos últimos três anos, todas as eliminações são-paulinas em mata-mata da Conmebol foram para os hermanos.

Em 2017, sob o comando de Rogério Ceni, a equipe foi eliminada logo na primeira fase da Copa Sul-Americana para o modesto Defensa y Justicia e em pleno Morumbi. O mais curioso dessa história é que a equipe argentina realizava sua primeira partida fora da Argentina em 82 anos de história.

Na temporada seguinte, o algoz foi o Colón, de Santa Fé, também pela Copa Sul-Americana. Sem nenhum título expressivo em sua história centenária, o clube argentino despachou o São Paulo, nos pênaltis, no estádio General Estanislao López, também conhecido como ‘Cemitério de Elefantes’ e que ganhou fama mais expressiva após o tropeço do Tricolor.

A eliminação mais traumática talvez tenha acontecido no ano passado, por se tratar de Copa Libertadores. Em casa e jogando para mais de 45 mil torcedores, o São Paulo caiu na primeira fase da principal competição do continente para o Talleres, de Córdoba. Foi a pior campanha do Tricolor em toda a história do torneio, vencido pelo clube em três oportunidades.

Para apagar o histórico negativo dos últimos anos e voltar a ser protagonista na América do Sul, o São Paulo aposta na Copa Sul-Americana já que também neste ano foi eliminado precocemente da Copa Libertadores. O primeiro desafio é contra o Lanús – equipe que não faz um jogo oficial desde março por conta da paralisação do futebol argentino.

A partida é válida pela segunda fase da Copa Sul-Americana e o jogo de volta acontece na próxima semana, no Morumbi. Importante ressaltar que há o critério do gol qualificado fora de casa na competição, o que pode ser decisivo para a definição do classificado para as oitavas de final.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.