Com menos chances, Brenner tem números melhores que Pablo no Brasileirão

Destaque da vitória do São Paulo contra o Atlético-GO, o atacante Brenner tem apresentado números positivos no Campeonato Brasileiro. Ao longo do torneio nacional, o garoto de 20 anos aproveitou melhor suas chances do que Pablo, seu concorrente direto na posição.

De acordo com números da Sofa Score, Pablo teve um total de 716 minutos em campo no Brasileirão, sendo titular em nove partidas. Neste período, o atacante balançou as redes uma vez, deu uma assistência e somou 21 finalizações, com apenas quatro no alvo. Em média, o jogador precisa de 21 chutes para marcar um gol.

Brenner, por sua vez, soma 360 minutos em campo e teve duas chances no time titular. Ao longo deste tempo, o jovem de Cotia marcou quatro gols, deu uma assistência e teve 13 finalizações, com oito no alvo. O camisa 30 do Tricolor precisa de cerca de três chutes para conseguir balançar as redes.

Com as marcas positivas, Brenner vem tentando cavar seu espaço entre os titulares do São Paulo. Na próxima rodada, o Tricolor visita o Palmeiras no Allianz Parque, em um confronto direto da parte de cima da tabela.

Para o clássico, Fernando Diniz deve promover novas mudanças na linha de frente. Afinal, Luciano volta a ficar à disposição, enquanto Gabriel Sara fica de fora cumprindo suspensão.

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Com menos chances, Brenner tem números melhores que Pablo no Brasileirão

  1. Quem acompanha meus comentários há bastante tempo deve lembrar dos meus argumentos contra a compra do Pratto, que acabou, como eu preví, jogando nada mas dando algum lucro na transação financeira, bem como, a contratação do Pablo pelo valor que aconteceu.
    Meu principal argumento era de que o centroavante não precisava ser caro porque a principal característica para a funcão é inteligência; boa colocação e raça. Isto porque, com as bolas chegando na área o bom, o médio e até o ruim dariam conta de colocá-las pra dentro. Querem mais grossos que foram o Luís Fabiano e o Serginho Chulapa? No entanto são os maiores goleadores que tivemos. O Careca era diferente; o Careca era craque, e todos eles guardavam todas – ou quase todas.
    Assim é que, quando um time é bom, bem treinado e proporciona jogadas de ataque, qq cabeça de bagre, de repente, se consagra. Quanto mais o Brenner, se deixarem o rapaz jogando e passarem confiança na sua capacidade de goleador. . .

  2. Por isso que sempre digo tem coisa muito errada no sao paulo pq vc nao coloca os melhores jogadores e suas posicoes que eles rendem mesmo de verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.