Com ataque em alta, Diniz tem a defesa como ponto de atenção

Embora não tenha sofrido gol na última partida, o São Paulo tem a defesa como alvo de evolução para as próximas partidas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

Antes da vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo, na última quarta-feira, o Tricolor havia sofrido gols em oito partidas consecutivas. O recorde do ano são dez jogos seguidos sendo vazado, que renderam mudanças na zaga.

Para a partida contra o Vasco, neste domingo, às 16h, no Morumbi, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, não haverá trocas no sistema defensivo, muito elogiado por Fernando Diniz no último jogo. Segundo ele, a defesa foi “quase impecável”.

Mas os números da temporada mostram que toda cautela quando se trata desse assunto é necessária. Dos 43 jogos disputados até aqui, o time comandado por Diniz só não sofreu gols em 12.

Essas oscilações fizeram a equipe ter várias formações diferentes ao longo do ano. Relembre abaixo os sistemas defensivos utilizados:

Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê (primeiro volante)
Igor Vinicius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê (primeiro volante)
Igor Vinicius, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê (primeiro volante)
Igor Vinicius, Diego Costa, Bruno Alves e Reinaldo; Luan (primeiro volante)
Juanfran, Diego Costa, Bruno Alves e Reinaldo; Luan (primeiro volante)

O retorno de Bruno Alves à zaga e Luan como primeiro volante deram mais solidez ao time. No Campeonato Brasileiro, o São Paulo passou a sofrer menos e contou com a boa fase do ataque para ter o melhor aproveitamento do torneio.

No banco de reservas, Diniz ainda conta com Arboleda, Léo (lateral-esquerdo de origem que passou a ser zagueiro com o treinador) e Rodrigo Freitas.

Mesmo com todos os problemas enfrentados na defesa, o São Paulo é o time menos vazado do Brasileirão, com 17 gols sofridos. Em 2020, porém, já são 54. Para efeito de comparação, em toda a temporada passada, a equipe foi vazada em 53 ocasiões em 62 jogos disputados.

Para a partida deste domingo, Diniz não deve mudar a equipe para enfrentar o Vasco. A provável escalação tem: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Diego Costa e Reinaldo; Luan, Gabriel Sara, Daniel Alves e Igor Gomes; Luciano e Brenner.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.