Ceará se interessa por Jean e espera São Paulo decidir como dispensá-lo

O Ceará está interessado em contratar o goleiro Jean, do São Paulo, e espera os próximos passos do clube paulista para avançar na negociação.

Já é certo que Jean não voltará a vestir a camisa do São Paulo, mas ainda não se sabe como a dispensa será efetuada. Depois que ele foi preso nos Estados Unidos acusado de agredir a esposa, Milena Bemfica, o clube decidiu demiti-lo por justa causa, mas isso não acontecerá se não houver aval jurídico.

Se a única alternativa para rescindir o contrato de Jean de maneira unilateral for o pagamento dos salários aos quais ele teria direito até o fim de 2022, além de multa, o clube não o fará. Neste cenário, o São Paulo sairia prejudicado financeiramente e ainda “premiaria” o jogador, que receberia o dinheiro e ficaria livre para acertar com outra equipe imediatamente.

O São Paulo está em silêncio sobre o assunto. A última manifestação do clube foi no dia da prisão de Jean, em nota que informava que a decisão sobre o futuro dele já estava tomada, mas só seria posta em prática ao término das férias (explica-se: a legislação brasileira não permite que um funcionário seja demitido durante o período de férias). O elenco do Tricolor volta a trabalhar nesta quarta-feira, quando o caso Jean voltará à pauta. Ele não deve aparecer no campo para treinar.

A diretoria do Ceará prefere adotar a postura de só se manifestar sobre atletas que tenham contrato assinado com o clube e também não fala abertamente sobre Jean. Nas redes sociais, a torcida criou uma campanha contra a contratação devido ao episódio com a esposa.

 

Fonte: Lance

Um comentário em “Ceará se interessa por Jean e espera São Paulo decidir como dispensá-lo

  1. Tudo isso pq o clube foi imprudente de lançar uma nota para agradar os lacradores de plantão, que exigem a saída dele do clube sem se importar com o prejuízo que o SPFC vai levar.

    Enquanto isso a esposa do cara nem sequer deu entrada na lei maria da penha na delegacia da mulher aqui no Brasil, provavelmente vai ficar por isso mesmo, e o jogador vai ficar leve, livre e solto no Brasil, mas os lacradores querem justiça, pq são defensores das “minorias”

    Então qual a solução para o Jean? Não sou advogado dele e nem tenho interesse, mas se fosse falaria pra ele se converter ao Islã, tirar a cidadania iraniana ou palestina e mudar de nome para Mohamed, tenho quase a certeza absoluta que a grande maioria dos “defensores das minorias” não iriam falar mais nada!

    Afinal, pra que esconder a hipocrisia não é mesmo? Qual é o problema de defender os direitos dos LGBTs e das mulheres aqui no Brasil só pra lacrar, enquanto nas redes sociais apoia regimes autoritários como do Irã e Palestina que apedreja mulheres e enforca homossexuais não é mesmo lacradores?

    defensores dos direitos das minorias?? kkkkkk…. faz me rir esses lacradores, só se for defensor dos meus ovos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.