Arbitragem polêmica faz São Paulo se preocupar até com lesão de zagueiro

Além dos gols anulados de Alexandre Pato e do protesto por dois pênaltis não marcados, o São Paulo tem mais uma razão para reclamar da arbitragem de Flávio Roberto Mineiro no empate contra o Novorizontino ontem (3) à noite. O zagueiro Bruno Alves sofreu uma lesão no tornozelo direito e será reavaliado pelo departamento médico hoje.

A lesão foi provocada por uma entrada violenta do meio-campista Léo Baiano, do Novorizontino. O lance aconteceu já nos minutos finais da partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista. O árbitro chegou a mandar seguir a jogada, mas voltou atrás, marcou falta e deu cartão amarelo para Léo Baiano. Depois, repreendeu os são-paulinos que protestaram contra a intensidade do carrinho do rival.

Já na entrevista coletiva, o técnico Fernando Diniz externou a preocupação com o zagueiro: “Tomara que não seja nada. Ele é um jogador muito forte e espero que fique bem. Se não puder jogar, outros vão estar à disposição e poderão dar conta”.

O clima no vestiário do São Paulo era de muita preocupação com Bruno Alves. Ele chegou carregado pelo goleiro Tiago Volpi e sentiu muitas dores para tirar o meião do pé direito. O local da pancada ficou bastante inchado e o beque precisou deixar o Morumbi calçado chinelo no pé direito porque não conseguia usar tênis.

Bruno é considerado um jogador calmo e focado, que dificilmente discute com adversários e árbitros, mas desta vez ficou irritado com o trabalho de Flávio Roberto Mineiro. O zagueiro esbravejou no vestiário sobre os lances capitais em que a arbitragem falhou e também sobre a passividade no lance em que, na visão dos tricolores, Léo Baiano deveria ter sido expulso.

Se a lesão for mais complicada do que uma pancada ou torção leve e Bruno Alves se tornar desfalque, Fernando Diniz tem apenas duas opções de ofício no elenco: Anderson Martins e o garoto Diego. Nos treinos, o técnico também chegou a usar o volante Luan como zagueiro.

Neste momento, o departamento médico do São Paulo tem três jogadores que se recuperam de cirurgias (o zagueiro Walce, o meia Gabriel Sara e o atacante Joao Rojas) e outro em tratamento mais conservador, também por lesão de tornozelo (Helinho). A próxima partida tricolor no Paulistão está marcada para as 18h de domingo, contra o Santo André, fora de casa.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Arbitragem polêmica faz São Paulo se preocupar até com lesão de zagueiro

  1. Se são os gambás, a imprensa encampa as críticas e pede afastamento do árbitro, como é o São Paulo, eles dizem que a arbitrage é “polêmica”….o árbitro nada teve de polêmico, ele foi claro ao querer prejudicar o time.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.