Após Aderllan e J. Tavares, SP ainda planeja cortar mais três até a Copa

O São Paulo ainda deve sofrer muitas mudanças nos próximos meses. As saídas de Júnior Tavares (para o Rennes, da França) e Aderllan (Vitória) fazem parte de um processo de redução do elenco proposto pela comissão técnica do Tricolor. O treinador Diego Aguirre quer trabalhar com menos jogadores e, até a Copa do Mundo, ao menos mais três atletas devem ser negociados.

Com o elenco mais enxuto, o uruguaio acredita que poderá dar mais qualidade aos treinamentos e ter menos pessoas subutilizadas. Aderllan, por exemplo, não tinha disputado partidas na gestão de Aguirre e, desde o ano passado, só entrou em campo cinco vezes. Por isso, jogadores como o lateral direito Bruno, que foi utilizado em apenas três jogos neste ano, puxam a fila dos que podem ser negociados.

Há ainda os casos de jogadores jovens, que são considerados promessas e tiveram poucas chances recentemente no profissional.  O volante Araruna, por exemplo, disputou três partidas em 2018 e enfrenta a concorrência do também promissor Liziero e dos experientes Jucilei, Petros e Hudson. Em casos como esse, o São Paulo costuma liberar o jogador para ser emprestado e ganhar mais rodagem em outro clube. Foi desta maneira com Reinaldo, que passou pela Ponte Preta e Chapecoense antes de retornar ao Morumbi neste ano. Agora, Júnior Tavares foi para um período de observação na França.

Para completar, tem quem chame a atenção do mercado e deva ser negociado nos próximos meses. Com presença garantida na Copa do Mundo, o peruano Cueva dificilmente permanecerá no Morumbi no segundo semestre. Já o polivalente Militão ainda não renovou o seu contrato e o zagueiro Rodrigo Caio é sempre alvo de especulação nas janelas de transferência.

Outro motivo que faz o São Paulo pensar em reduzir o seu elenco neste período é a folha salarial. Desta maneira, o clube pode melhorar a sua saúde financeira e até ganhar fôlego para atuar no mercado. Só com as saídas dos argentinos Lucas Pratto e Julio Buffarini para o River Plate e Boca Juniors, respectivamente, o Tricolor arrecadou R$ 46 milhões nos últimos meses.

Coincidentemente, Rogério Ceni também havia pedido a redução do elenco do São Paulo após o fim do Campeonato Paulista do ano passado. Porém, o clube acabou por negociar jogadores que eram considerados importantes e o ex-goleiro foi demitido em julho, quando o time perdeu do Flamengo e estava na zona do rebaixamento do Brasileiro.

 

Fonte: Uol

5 comentários em “Após Aderllan e J. Tavares, SP ainda planeja cortar mais três até a Copa

  1. PARA DIMINUIR A FOLHA DE PAGAMENTO,TAL LECO,FAXINHA,RAÍ,RICARDO ROCHA,JUCILEY,NENÊ,PETROS,A FOLHA DEVE CAIR PELA METADE,E ASSIM O ASILO FICARIA COM VAGAS FUTURAS COM É DE PRAXE,VÁ GOSTAR DE VÉIOS LÁ NO INFERNO,COM BAGULHOS,SÓ RESTA ESPERAR A SÉRIE B 2019,AÍ VAI RENOVAR,É MUITA CEGUEIRA NA BARRA FUNDA,AVANTE TRICOLOR,VAMOS BERRAR !!!

  2. Como sempre mais uma matéria capciosa dessa imprensa dita “esportiva”, o autor no final omite que o clube teve dificuldades para pagar os salários no final do ano e não tinha poder de investimento. Vendeu mais do que necessitava, isso é verdade, mas não tinha outra opção a não ser vender alguns jogadores, e ninguém iria comprar os reservas.

  3. Essa do Aderllan confirmou o que falei tempos atrás, foi uma contratação daquelas que é para engordar a porcada. Dinheiro mais jogado fora que isso é impossivel. Depois jogador como o Diego Souza faz o contrato e encosta o corpo ninguém sabe o porque. Está tudo podre, vamos ver se essa turma nova apelidada por alguns, que sabem tudo, de administradores de ONG consegue dar um jeito nisso tudo.

  4. E o Bruno, hein? Continua fazendo hora extra no elenco? De graça ele é caro! Penso que o Walce deve ser incorporado já no profissional. Contudo, tem que antes assinar uma renovação de contrato por mais 3 anos, somente depois sobe. A inobservância dessa cautela vai inviabilizar a permanência do Militão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.