Que as aparências não nos enganem

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, de quinta-feira passada para cá muita coisa aconteceu nos bastidores do Morumbi. Muita água rolou, com fluxo e refluxo e o que posso falar nesse momento é que espero que as aparências não nos enganem.

O acordo feito entre o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar e a Torcida Tricolor Independente, com o clube pagando os ônibus que levariam os “torcedores” deixou a entender que a torcida deveria um favor a ele. E que essa dívida foi prontamente paga com a postagem pedindo a demissão imediata de Muricy Ramalho e a contratação de Wanderley Luxemburgo.

Levando-se em conta que ano retrasado, quando time lutava para não ser rebaixado e que Juvenal Juvêncio estava no período final de seu longo mantado, a mesma Independente fazia manifestações contra o técnico, contra o time, conta a imprensa, contra tudo e todos, mas em nenhum momento levantava a voz contra Juvenal, não seria demais imaginar que o acordo com Aidar estaria selado.

Todos sabem da forte ligação que existe entre Muricy Ramalho e Juvenal Juvêncio e, também, que o ex-presidente abomina o nome de Wanderley Luxemburgo. Que tacada melhor seria se Aidar demitisse Muricy e contratasse Luxemburgo, para sufocar ainda mais qualquer movimento “juvenalino”?

Acredito piamente que a jogada estava prontinha para ser feita. Só que a Independente foi obrigada a recuar de sua posição, apagou de seu site a “ordem” e engoliu a verdadeira torcida que estava no Morumbi no último sábado apoiar Muricy. Concomitantemente, o vice-presidente de Futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, saiu em defesa do técnico falando, até, em renovação de seu contrato.

A divisão na diretoria estava patente. E Muricy, conhecedor emérito do clube, parte para o ataque dizendo saber quem são seus executores e que não está ali pelo São Paulo, mas que se quiserem, que o demitam.]

A vitória de 4 a 0 sobre o Audax, a necessidade premente de vitória sobre o Danúbio amanhã e a revolta que toma conta da torcida tricolor contra este estado de problemas instalado no Morumbi pressionaram Carlos Miguel Aidar e ele foi obrigado a sair de sua sala, vir à imprensa declarar publicamente seu apoio a Muricy e, mais do que isso, ir pessoalmente nesta terça-feira conversar com Muricy e reafirmar seu apoio e confiança no técnico.

Menos mal que esta seja a atual situação. Repito o que coloquei de título neste editorial: “Que as aparências não nos enganem”. O presidente tem o direito e, mais do que isso, o dever de cobrar resultados. Deu os jogadores que o técnico pediu e, portanto, quer títulos. Mas que se dê tempo ao tempo e que essa lavagem de roupa suja volte a ser feita internamente. O São Paulo é infinitamente maior do que aqueles que o administram, porque eles passam e a instituição e sua imensa torcida ficam. As vaidades pessoais, o superego e as picuinhas não podem se sobrepor ao bem para a coletividade tricolor.

Estamos de olho e esses olhos não se fecharão nem essa boca se calará.

 

17 comentários em “Que as aparências não nos enganem

  1. Aos “BONS” de memoria, e os “NÃO TOLINHOS” vale lembrar. Quando o time foi eliminado por Penapolense, Ponte Preta, vocês esquecerão de dizer, que Leão, PCCarpegiane, Paulo Autuori, Ney Franco, etc, tambem não conseguirão exito com aquele atual elenco. Desnecessário dizer que o problema não era técnico e sim jogadores sem comprometimento, etc. Lembro que Fabricio foi contratado para por ordem na casa. Contra o Bragatino concordo que foi uma tremenda pisada de bola, mas ficou claro que o SPFC queria priorizar a Sul Americana. Pois bem. Tai o Exemplo do Curintia que Foi eliminado pelo Tolima, maior vexame do futebol Brasileiro na Liberta, menteve o Tite e deu no que deu, todos sabem. O Muricy pega o time na Zona de Rebaichamente, leva a vicê Brasileiro, incute na cabeça dos jogadores o “comprometimento com o SPFC” perde um jogo na casa do adverssário e querem trocar de técnico ??? Faça me o favor. Agora que ele pode colher os frutos do que prantou o ano passado. Vamos dar mais um tempo. até os cachorros aqui de casa sabe: TROCAR DE TÉCNICO NÃO RESOLVE. É recomeçar do Zero.

  2. Na boa, acho que nós torcedores não deveríamos alimentar esses assuntos, fica aí cada um defendendo um lado, como se o interesse não fosse um só. Temos de parar de dar notícia à independente tb. Essas coisas não acontecem em nenhum outro clube. Só aqui no SPFC. Pôxa, se alguém foi contratado, temos de dar apoio e pronto. Se o presidente acha que deve mandá-lo embora, então, demita-o, como adulto, e não fazendo pressão indireta e usando um bando de torcedores interesseiros, que fazem tudo em troca de patrocínio e ônibus. Nós temos de ser maiores que isso. Minha opinião é a de que o Muricy deve ficar. Acho q a postura do time vem muito mais dos jogadores também. Todavia, respeito as opiniões em contrário e respeitaria até mesmo uma demissão formal do presidente, mas que seja algo como gestor sério e adulto, sem amadorismo.

  3. Como disse um torcedor acima, o Sr. Trabalho passa essa de torcedor do SPFC, mas eh um tremendo de um marketeiro que engana os Tolinhos torcedores de técnico. Há tempos que o trabalho dele eh fraco, só não enxerga quem não quer ver. Recentemente o SPFC foi eliminado vergonhosamente pelos “timacos” do Penapolense, Bragantino e Ponte Preta, mas nenhum desses que o denfende lembram disso, apenas citam a fuga do rebaixamento e o tricampeonato que ele pegou o time pronto.
    O trabalho atual eh sofrível, jogadores fora de posições,meia de volante, volante de meia, dois centroavantes e por ai vai. Mas com tudo isso, ninguém pode criticar o “Deus” dos torcedores de técnico, ele eh supremo pra essa turma.

    Só lembrar que quem começou essa crise foi o sr.Muricy, ao cobrar publicamente a diretoria, que fez um belo trabalho como a anos não se via, contratou todos que ele pediu, todos os possíveis. Com razão o Aidar o cobrou, pois não teria.mais motivos para reclamar de elenco. Ai vem essa mídia gambá e esses torcedores rolinhos defender esse Entregador de Coletes como se a culpa fosse da diretoria, brincadeira!

  4. Não gosto da postura do Sr. Aidar, ele tenta passar um imagem de descolado e boa praça, mais toda vez que fala na mídia, faz merda a última de ligar para o presidente de torcida ao vivo dizendo que iria pagar ônibus para Itaquera, foi ridículo.
    Ele deveria se preocupar com o clube e deixar a richas com JJ e Paulo Nobre de lado.

  5. O SR. Ataíde Gil Guerreiro disse que gostaria de renovar com o Muricy mais que não dependeria dele e sim do presidente…

    Com isso ele tirou o “dele” da reta e pôs o Aidar na jogada, ou seja tudo que acontecer daqui pra frente vai ser obra do Aidar….

    O Sr. Aidar deu declarações que não mandaria o Muricy embora, vamos ver até onde vai a palavra dele!!!!!!!!!

    Essa história independente de quem está certo ou errado vai servir para conhecer as intenções do Sr. Aidar!!!!!!!!!!

  6. O Miguel Aidar vem arrumando confusão desde que ganhou a eleição e nunca se preocupou se com isso, prejudicaria ou não o São Paulo. Apesar de ter montado o melhor plantel dos últimos anos acho que não é o presidente ideal.

  7. O Muricy é uma mala totalmente sem alça e arrogante.
    O trabalho dele está abaixo da crítica.
    Vive reclamando dos seus superiores hierárquicos através da imprensa e quando toma de volta fica de mimimi.
    Espero que ele pare de palhaçada.
    Já tá melhorando, parece que viu o óbvio: Pato e Luis Fabiano na frente. Mas só viu porque o caldo entornou. Se não fosse a Libertadores, que precisa arrumar o time rapidamente, ele iria continuar queimando o Pato e colocando o Kardec e o Maicon no paulista.
    Torço para o São Paulo Futebol Clube e espero que se acertem para sairmos campeão. Elenco o Aidar deu a ele, agora precisa mostrar trabalho, honrar o bordão.
    E esse negócio de dever… fala sério. Não devemos absolutamente nada a ele.
    Se é para o São Paulo FC dever para técnico e jogadores, sou mais Telê, Raí, Ceni. Chicão, Pedro Rocha, Careca…

  8. Hierarquia, e’ mesmo feita de cima pra baixo,
    Temas polemicos tem sim que serem discutidos e
    resultados exigidos, dentro de casa, na’o via imprensa.
    Quem manda sa’o mesmo os empregadores sejam quem forem,
    no particular ou mesmo publico ou no futebolez.
    Roupa suja deve ser lavada na lavanderia de casa,
    e empregados sejam eles quais forem trabalhar e responderem
    com resultados dentro das expectativas.
    Ai’ tem alguem querendo inverter a hierarquia.
    Rua, com ou sem aviso previo ou indenizacoes.
    Pelo que parece so’ 3 pontos salvara’o amanha’, nosso trenero.
    Precisaremos de mais 6, sera’o tres vitorias em casa, ao menos inicialmente.

  9. Tem alguns torcedores TOLINHOS que babam com as demonstrações pueris de
    ” sou sãopaulino ” do Muricy .
    RIDÍCULO !
    Sou da época que ele era jogador, vi ele jogar no Morumba.
    E NÃO DEVO NADA prá ele !!
    Ele fez o trabalho dele, recebeu muito bem e ponto .
    Não torço prá ele e prá nenhum jogador !
    Torço p o SPFC !
    Só .
    E tenho dito .

    • A grande pizada dele foi como jogador na’o ter conseguido uma Libertador,
      a primeira que fomos a final,
      perderam de 1 a zero, a finalissima, onde o Serra’o perdeu um penal.
      Jamais esquecerei, Serra’o, como Palhinha, esses penais sa’o a vida.

  10. O trabalho do Muricy já vem bastante FRACO faz alguns anos .
    E no SPFC está sofrível !!
    Ele quer falar grosso, ok ,
    vamos ver depois do jogo contra o Danubio e principalmente depois do 2º jogo contra os galinhas na Libertadores o que acontecerá .
    Se ele estará com moral para continuar a falar BRABO ou estará a caminho de Ibiúna com o rabo entre as pernas …..

    • Sofrível estava em 2013. Concordo que não está no nível que pode e DEVE, mas não está sofrível nem de longe.
      Um vice campeonato brasileiro em 2014 não é um trabalho fraco, nem um título da Libertadores em 2011… então, vamos criticar com o pé no chão e com os argumentos corretos pra chegar a algum lugar. Argumentos não faltam, indefinição do time, demora em achar a dupla de ataque que era óbvia, péssima indicação de contratações, invenção errada na escalação nos 2 clássicos, falta de pegada do time, erro na hora de dar chance para a base, falta de treinamento tático… e por aí vai.

  11. O Atayde insiste em dizer que o futebol está “blindado” dos problemas que atingem a política. Contudo, o São Paulo é Futebol e Clube, não tem como isolar um setor da contaminação provocada pelo outro. O atual Presidente já provou que é matreiro e pouco confiável quando se trata de cumprir acordos e realizar promessas. Sua leitura dos últimos episódios está perfeita meu caro Paulo. Ele preparou o tabuleiro para dar um cheque-mate no Muricy, e com isso, implodir de vez a última coluna plantada no futebol pelo JJ. De minha parte, ainda acho que mesmo não estando em boa fase, o Muricy é honesto, trabalhado, tem caráter e é cria da casa. Já o “Profexor”… !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.