São Paulo 3 x 2 Figueirense

Sobe

THIAGO MENDES: é um monstro. Definitivamente o volante do São Paulo. Tem alma, raça, categoria, sabe bater de fora da área, não tem medo de arriscar um chute. Sua responsabilidade no chute que deu e decidiu a partida aos 49 minutos do segundo tempo era de um ano inteiro, que estava sendo perdido pela falta de vontade do time. Esse fica e é titular absoluto.

LUIS FABIANO: não dá para não reconhecer o que ele fez pelo São Paulo. Terceiro maior artilheiro da nossa história, está no meu conceito de ídolo. Sei que seu tempo passou e, só por isso, não estou lamentando sua saída. Mas aqui é o seu lugar.

Desce

LUCÃO: mais uma vez foi o responsável direto pelos dois gols que sofremos e, por muito pouco, não entregou outro. Estava desestabilizado emocionalmente e acabou comprometendo ainda mais sua atuação.

PATO: é um jogador que nos faz amar e odiar. Quando entra para jogar com vontade, é um dos melhores do País. Quando entra por entrar em campo, é um dos piores e mais indolentes. Hoje foi a segunda opção.

 

Paulo Pontes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.