Bahia 0 x 1 São Paulo

Sobe

TIME: hoje vi um time de guerreiros, que jogou unido, um pelo outro, todos pelo São Paulo. Tivesse tido esse mesmo espírito desde o início do campeonato, a falta de técnica e de elenco seria suprida por esta garra maravilhosa e estaríamos disputando o título.

MURICY RAMALHO: passou para o elenco sua raça, sua vontade, sua seriedade, seu trabalho. Ele transmitiu a cada um o peso que tem este manto sagrado e fez com que os jogadores se multiplicassem em campo.

 

Desce

DENILSON: irresponsável. Por mais que eu tenha entendido como excesso de rigidez do árbitro sua expulsão, não há dúvida que ele entrou de sola e a Fifa manda que seja dado cartão vermelho para este tipo de jogada. Acabou prejudicando o time.

MAICON: sabendo que este Sandro Meira Ricci SEMPRE prejudica o São Paulo, vai bater palma para o juiz, o ironizando. Absurdo.

ANDRO MEIRA RICCI: fiz um levantamento dos últimos três anos, e não encontrei um jogo sequer que este Sandro Meira Ricci tenha apitado e não prejudicado o São Paulo. O gol que ele anulou, depois do bandeira e do juiz de fundo terem validado o gol foi o primeiro assalto. A expulsão do Denilso foi de extrema rigidez. Caberia ali o cartão amarelo. O cartão amarelo para o Maicon, por ter ido tomar água, foi mais uma grande aberração. Sua expulsão também, pois pouco antes o Fernandão tomou amarelo e reclamou muito. E ele não fez nada. Portanto, desculpem meus leitores, mas este Sandro Meira Ricci é um filho da puta, com o devido pedido de perdão às putas por compará-lo a elas.

 

Paulo Pontes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.