Zagueiro nega favoritismo de rivais: “Na semi, começa tudo do zero”

Embora os rivais ainda não estejam classificados, o zagueiro Bruno Alves não os vê na condição de favoritos contra o São Paulo em uma eventual semifinal do Campeonato Paulista. Contente com a atuação do time na vitória por 2 a 0 sobre o São Caetano, o jogador põe o Tricolor como candidato ao título do torneio.

“Foi um jogo muito bom da equipe, com a intensidade que o Aguirre cobrou do início ao fim. Aqui, não tem bola perdida, e o exemplo foi o gol do Tréllez. Em um chutão, ele acreditou até o fim e fez o gol”, exemplificou Bruno Alves, que pediu para a equipe manter a postura na fase seguinte.

“Não podemos deixar cair. Sabemos que estamos devendo ainda. É ter pés no chão, descansar e ter essa intensidade no próximo jogo”, bradou. Após a partida, o técnico Diego Aguirre se mostrou satisfeito com a “atitude” de seus comandados, que haviam tido uma atuação apática no revés por 1 a 0, em São Caetano, no final de semana.

“Entramos com mais vontade e determinação do início ao fim. Deu tudo certo desde o primeiro minuto, com virada de jogo. Tudo que o Aguirre pediu, conseguimos fazer”, comemorou o camisa 34.

Com a vitória, o São Paulo se tornou o primeiro semifinalista do Paulistão. O seu próximo adversário sairá dos confrontos desta quarta e quinta-feira. O time pode enfrentar qualquer um de seus três arquirrivais. Nos jogos de ida, atuando como visitantes, o Palmeiras bateu o Novorizontino por 3 a 0, o Santos empatou sem gols com o Botafogo-SP, e o Corinthians perdeu por 3 a 2 para o Bragantino.

“O São Paulo é equipe grande também. Não tem essa. Na semifinal, começa tudo do zero. Temos totais condições de jogar como hoje, com entrega e espírito para buscar esse título. Estamos mais vivos do que nunca”, finalizou Bruno Alves, que deverá seguir entre os titulares, uma vez que Rodrigo Caio está a serviço da Seleção Brasileira.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

4 comentários em “Zagueiro nega favoritismo de rivais: “Na semi, começa tudo do zero”

  1. Um time que sofre para se classificar, perde o primeiro jogo de forma bizarra, e ganha o 2o jogo com a ajuda do goleirinho nao devia estar falando que nao existe favorito, Palmeiras é favorito para eles nao ganharem esse titulo tudo tem que dar errado para eles, jogarem mal, juiz ajudar adversario e etc e o adversario deles tem que dar tudo certo ai quem sabe fora isso ja era.

  2. Logico que começa tudo do 0, a soma dos pontos foi ate antes da semi final, mas esse 0 que quis dizer que todos estao iguais.
    Sinceramente o Sao Paulo é o mais fraco de todos os 4 que irao para a semi final, e as Pepas disparado o favorito levar o titulo com os pés nas costas.
    Para nos irmos a final e ate ganhar tem que dar tudo errado para o adversario da semi final e da final e dar tudo certo para nós, só assim vejo que poderiamos ganhar esse titulo, sera uma zebra enorme.

  3. é sempre esse papo furado, quando chega na hora H apanha feio!

    Parece que lá no SPFC todo mundo vive em mundo paralelo onde a realidade é sempre o contrário da vida real, não conseguem reconhecer suas limitações, não é vergonha nenhuma entender que o momento do clube nos últimos anos não é bom, e dos rivais é muito melhor.

    Não aprenderam ainda a usar isso a nosso favor, e jogar o peso do favoritismo para os rivais, ae é eliminado e somos obrigado a ver esse tipo de jogador com cara de bun… na entrevista, dizendo sempre a mesma desculpa que está evoluindo.

    tá na hora do SPFC começar a pegar o gosto de eliminar rival em mata-mata, falem menos e joguem mais, pq até agora só bateram em galinha morta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.