São Paulo vê renovação de Éder Militão cada vez mais difícil

O São Paulo vê de forma cada vez mais difícil a renovação do contrato de Éder Militão. Vinculado ao clube até janeiro de 2019, o lateral tem futuro incerto e a saída é considerada uma possibilidade real.

Nos bastidores o anterior otimismo dá lugar a incerteza. Os relatos no Tricolor são de que a reunião de sexta-feira, revelada por Raí, não avançou as conversas.

O São Paulo avalia ceder porcentagem nos direitos econômicos, incluir uma cláusula de liberação flexível e aumentar significativamente o salário de Militão para mantê-lo.

No entanto, a imprensa internacional aponta clubes como Manchester City e o Porto como concorrentes. Segundo o jornal “A Bola”, de Portugal, uma das propostas seria de 10 milhões de euros (R$ 42,4 milhões) por 70% dos direitos de Militão.

As recentes conversas com representantes do jogador durante as negociações e a concorrência de propostas de clubes do exterior aumentam a descrença do São Paulo na renovação.

Éder Militão, do São Paulo, está na mira de clubes europeus (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Éder Militão, do São Paulo, está na mira de clubes europeus (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Caso renovar com o atleta seja inviável, Militão poderá assinar um pré-contrato a partir de julho. Nesse caso, o Tricolor consideraria algumas possibilidades:

  1. Vender Éder Militão no meio do ano por uma quantia abaixo da que o atleta vale, mas para não perdê-lo de graça.
  2. Manter o jogador até o fim do ano para aproveitar o lado esportivo e não ganhar nada financeiramente.
  3. Deixar de usar o jogador até o fim do contrato, como aconteceu com Marquinhos Cipriano (acertado com o Shakhtar Donetsk, o garoto da base voltou para Cotia e cumpre o contrato até setembro para sair). A diferença é que Éder Militão é titular absoluto do time.

À época o jogador sequer havia se firmado entre os profissionais. O Tricolor promoveu Militão em 2017, quando Rogério Ceni, hoje no Fortaleza, treinava a equipe.

Fonte: Globo Esporte

Nota do PP: algo que já venho defendendo há algum tempo, vejo tomar conta na imprensa esportiva: jogador da base que não renovar seu vínculo antes de vir para o profissional, deve permanecer lá e, acabado o contrato, ser dispensado. O prejuízo vai existir, mas nós deixaremos de sermos passados para trás toda a vez que um jogador sobe e vira titular. Falarei mais desse assunto no Jornal Tricolornaweb

14 comentários em “São Paulo vê renovação de Éder Militão cada vez mais difícil

  1. Esse aí não conhece e sua família não lhe ensinou nada sobre gratidão!!!

    Mas vai colher o que planta, esperem, a vida é longa… depois daqui uns 50 anos bate na porta do clube dizendo que perdeu tudo e está doente… lembraremos disso!!!!

  2. Se realmente existe essa proposta de 10 milhões de euros, o que vcs estão esperando devia ter vendido ontem, ele não vai renovar mesmo, até pq a familia do cara é corintiana e estão se lixando com o São Paulo FC

  3. É nisso que dá subir para o profissional sem estar com um contrato de 3 anos no mínimo ,dirigentes amadores ,os empre$ários se aproveitam.
    Molecada da base só joga uma partida oficial com os profissionais somente com contrato acertadinho do contrario vai ficar em Cotia até a dispensa e ponto final.

  4. Jogador quando é homem de verdade, o mínimo que deve ter é reconhecimento por quem o fez alguém na vida, n adianta dizer q ele tá sendo influenciado por empresário pq ele n é criança. Se eu sou diretor do clube, chego nos clubes interessados e digo, quer comprar o jogador? Quero 50 milhões, se um n aceitar, chega no outro e diz: ou fecha com ele agora ou ele vai pro Manchester City de graça.
    São Paulo precisa enxergar as coisas como era na época do tri brasileiro, quando despertava interesse de algum time sobre jogador, já chamava pra renovar, se n aceitasse, comia banco ou era emprestado pra times menores pra dá valor ao time.

  5. Boa noite tricolores!!
    É como eu postei outro dia, é direito dele escolher renovar ou não o contrato, a escravidão acabou, é claro que eu fico P.. da vida, é claro que é pura ganância não sei se do atleta mas dos empresários e familiares com certeza, já que não tem o que fazer, põe o cara pra jogar, explora ao máximo a parte técnica se esse é o único retorno que vamos ter.

  6. Busquem o melhor para o nosso time,
    venda-o pela melhor oferta,
    e,
    vamos buscar e pagar o Profeta o que ele pede,
    se pede 2,5 milhoes vale,
    porque quem paga 500tinhos poro soiza, kkkk
    esse sim e’ prejuizo forte, parabens a quem o buscou
    e ainda o banca.
    porque nao buscar o Ernanes e pagar o que ele pede.
    Militao, seja feliz, voce nao e’ tudo isso, falta e muito.

  7. quando renovam o contrato a performance automaticamente cai… aconteceu com Jr Tavares, Shaylon, Lucas Fernandes e até o Brenner… precisamos melhorar a assessoria dos garotos. Falta cabeça, instrução… falta o mestre Telê… jogador que chegasse com cabelo pintado, carro novo… tomava esporro e treinava em dobro…

  8. Mais um legado do Pinotti…

    Prefiro que fique e continue jogando, e pode ir embora no fim do ano mesmo. Parece um muleke do bem, batalhador…

    Se for negociado tantas vezes qto o Júlio Baptista já valeu o investimento que recebeu em Cotia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.