Paulo Miranda comemora parabéns da diretoria, mas lembra afastamento

O zagueiro Paulo Miranda admitiu que neste domingo contra o Bahia fez uma de suas melhores partidas com a camisa do São Paulo. No retorno para os vestiários, revelou os parabéns da diretoria, que inclusive chegou junto com os atletas ao Morumbi.

“Sempre eles apoiam, acompanham e parabenizaram sim”, disse o jogador, que foi afastado pela diretoria no dia 2 de maio, após o mau desempenho contra o Santos pela semifinal do Paulista. O camisa 13 ficou fora das duas partidas contra a Ponte Preta pelas quartas de final da Copa do Brasil e só retornou na semi contra o Goiás no Morumbi.

Presente no treinamento desta segunda, o diretor de futebol, Adalberto Baptista, confirmou as palavras do jogador e ainda falou que acreditava na volta por cima do zagueiro. “A decisão foi acertada, não me arrependo”.

Firme e rebatedor como Leão gosta, Paulo Miranda voltou a equipe e não saiu mais e apesar de querer esquecer a história, foi questionado pelos jornalistas no CCT da Barra Funda sobre o assunto.

“Até então eu nunca tinha visto isso daí, mas ouvi deles [diretoria] que era para o meu bem e tenho que acatar a autoridade”, relatou o zagueiro, que assume que não atravessava um bom momento.

“Com certeza, eu tenho a minha autocritica. Sei que não estava bem. Aquilo me fortaleceu, para jogar em um time grande não pode ter erros, e se erra é o menos possível”.

No período de afastament, ele garante que não pensou em deixar a equipe, mesmo com a proposta do Bahia, seu ex-clube e adversário do último domingo. “Eu lutei bastante para estar em um time grande, sendo difícil ou fácil, eu teria que passar por cima disso e agora tenho que almejar coisas melhores”, concluiu o jogador que já passou por Oeste e Palmeiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.