Offline: blindagem nas redes sociais recupera confiança de Denis; entenda

Denis não troca likes, nem segue de volta. Tampouco curte ou bloqueia. Incomodado com as pesadas críticas sobre seu trabalho, ele decidiu deletar as redes sociais do celular. As notificações recheadas de ataques lhe fizeram mal. Ler tantas ofensas pessoais por conta das falhas como goleiro do São Paulo minaram ainda mais a já abalada confiança.

Para recuperar a autoestima e manter o foco, o goleiro decidiu contratar uma empresa para gerenciar as contas pessoais. Ela filtra os comentários nas páginas do são-paulino e lhe blinda de críticas desnecessárias. A partir daí, o titular do técnico Edgardo Bauza assimilou as orientações construtivas e aumentou a intensidade nos treinamentos. Começou a dar resultado.

 

Denis São Paulo (Foto: Rubens Chiri - site oficial do São Paulo FC)Denis vibra com pênalti perdido por Alan Patrick (Foto: Rubens Chiri – site oficial do São Paulo FC)

As falhas individuais deram lugar a atuações mais seguras, como a do empate por 2 a 2 contra o Flamengo, no último domingo, em Brasília, em que fez seis defesas difíceis (veja acima o vídeo com os melhores momentos).

Denis foi o maior pontuador da partida no Cartola FC, com 14 pontos, e admitiu ter sido o jogo em que mais trabalhou nesta temporada. Nos minutos finais da partida, Alan Patrick chutou pênalti para fora e o São Paulo arrancou empate mesmo fora de casa, com Calleri expulso desde os 23 minutos do segundo tempo.

– Eu imaginava que a cobrança seria muito forte. Por alguns incidentes, alguns torcedores pegaram um pouco pesado demais nas redes sociais, mas eu me blindei de tudo isso. A minha melhora vem de que eu parei de olhar internet, parei de mexer nas minhas redes sociais. Contratei uma empresa para mexer nas minhas redes, para não participar tão diretamente. Tirei todas as redes sociais do meu celular. Isso estava me afetando, porque recebia 300, 400 pessoas me xingando e uma pessoa acreditando no meu trabalho. Aí eu parei de olhar e me concentrei ainda mais no trabalho – disse ao GloboEsporte.com

– Contratei a empresa para que eu não visse o que não deveria ver. Lógico que durante esse tempo houve ouvi muita crítica construtiva que me ajudou, sim, a crescer. Isso existiu e por isso aumentei a intensidade nos treinos de todas as formas possíveis. Mas a maioria das críticas foi inviável. Eles me passam, sim, as críticas construtivas e não as que as pessoas não medem as palavras para falar – completou.

Substituto de Rogério Ceni desde a aposentadoria do ídolo, no fim de 2015, Denis conta com a confiança de Bauza. Mesmo nos momentos de maior pressão o argentino bancou o goleiro como titular e descartou a contratação de um reforço para a posição.

– Nunca perdi a confiança no Denis. Sempre tive. E, hoje (domingo), ele fez uma boa partida. Trabalhou muito, sabíamos que ele seria muito exigido e que o Flamengo atacaria com muita gente. Ele deu conta do recado e fez muito bem o seu trabalho – elogiou Bauza.

Pouco a pouco, Denis deixa a má impressão dos erros na fase de grupos da Taça Libertadores para trás e diz se sentir mais confiante e feliz por passar segurança ao time, comissão técnica e torcedores.

– Eu vinha sendo muito cobrado. É bom jogar bem, fazer boas defesas para o torcedor também voltar a acreditar, voltar a ter a confiança necessária em mim. Sei do meu valor, do meu potencial. Não estou há sete anos aqui à toa. Sabia que com muito trabalho iria melhorar no decorrer dos jogos. É o que está acontecendo. Os torcedores que me xingavam a maioria hoje olha com outros olhos. Podem não apoiar completamente, mas veem que tenho condição de ser goleiro titular e de ajudar o time, fazendo defesas difíceis e ajudando o time a sair com um ponto fora de casa – afirmou.

Com a prorrogação do contrato apalavrada, Denis projeta assinar o novo vínculo válido até dezembro de 2017 em mais uma semana e meia. Cada vez mais offline e blindado das redes sociais para seguir com bom rendimento no São Paulo.

Denis defende o gol do São Paulo contra o Flamengo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)Denis defende o gol do São Paulo contra o Flamengo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Fonte: Globo Esporte

8 comentários em “Offline: blindagem nas redes sociais recupera confiança de Denis; entenda

  1. O que ele é, é azarado!
    Não tinha como não interceptar o chute do atacante que podia ser alcançado por outro e sair o gol. Também não dava para agarrar a bola, dado a distância do chute. Ele fez o certo: cortou a chance do lance; só deu o Azar de encontrar o corpo do RCaio pela frente e a bola ter tido força para entrar no gol. Fosse outro goleiro, outro time, ela cairia na sua frente para completar a defesa.
    Mas era o Denis; e todo mundo sabe: chama gol (mesmo jogando bem)…

  2. Pàrece que a blindgem não esta dando muito certo, pois no primeiro gol falhou de novo espalmando a bola para o centro da area e gol do adversario

  3. Eu acho que Denis pode melhorar muito mais, não é fácil substituir o M1TO, principalmente sendo da casa.

    Ele tem meu voto de confiança, até porque Bauza também confia nele, e com todas as críticas, o técnico tem levado o SPFC para uma posição boa tanto na Libertadores quanto no Brasileiro.

  4. Tem aquele velho chavão, “Quem nao deve nao teme”, se estao blindando é pq tem coisa errada que ele faz e que nao assume, é facil basta nao chamar mais gol, vc é um convite para os adversarios chutarem de media e longa distancia pq vc vai espalmar para o meio da area.

  5. Ele nao é de todo ruim, mas infelizmente nao serve para ser goleiro do Sao Paulo, o Renan é muito melhor em quase tudo, é chama gol mesmo, ontem pode ter feito 6 defesas dificeis, mas um lance em especial ele rebateu para o meio da area o chute e acabou saindo o gol contra do estapanado do Rodrigo Caio, que seu Bauza insiste em coloca-lo na zaga, só ele nao vê isso, e assim vai o nosso sao paulo, jogamos fora em um campo neutro tudo bem que Flamengo em campo neutro nunca sera pq torcida deles parece pombo uma praga em todos os lugares tem um monte.
    Mas ate pelo que foi o jogo o 1 ponto ganho foi de bom tamanho pela tamanha superioridade dos flamenguistas, e seu Calleri tem que aprender a jogar no brasil, aqui eles vao provoca-lo o tempo todo, sabendo que tem pavio curto, se puser a cabeça no lugar pode ser o maior artilheiro, mas desse jeito nao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.