Lugano vê “10 a 20 jogadores fáceis de vender” no São Paulo

Lugano comentou a necessidade do São Paulo de vender jogadores. Com déficit financeiro, o Tricolor Paulista precisará negociar atletas para amenizar o prejuízo no caixa, algo que para o diretor de relações institucionais não será complicado.

“É verdade que o São Paulo está um pouco defasado, é público. Em compensação, tem um patrimônio em seus jogadores mais jovens. O São Paulo tem de dez a vinte jogadores vendíveis, fáceis de vender, como Liziero, Helinho e Antony, ou Igor Gomes e Luan”, disse à Rádio Energia 97FM.

“Com certeza o São Paulo terá que negociar algum jogador para equilibrar as finanças, mas nada que desequilibre o time para o próximo ano e que tire o sono do torcedor”, completou.

Lugano ainda deu o segredo para que clubes consigam bater de frente com Flamengo e Palmeiras, equipes de maior investimento no Brasil. Para o dirigente, é possível montar projetos de poder equivalente ao dos dois concorrentes, mesmo com um orçamento menor.

“O mais lindo do futebol, o que o faz o esporte mais apaixonante e democrático do mundo, é que o mais fraco pode ganhar do mais forte. Em outros esportes não tem zebra, como basquete e futebol, mas no futebol se pode, sim. Se não pudesse, o Uruguai nunca teria sido campeão do mundo ou da América, não tem um caminho para ser campeão”, analisou.

“Os jogadores são os mais importantes, mais que treinador e diretores, mas para ter os melhores ou jogadores bons que estão em um contexto aonde estão confortáveis e podem dar um a mais, faz diferença. Aí pode estar o segredo para concorrer com Palmeiras e Flamengo. É possível fazer um projeto sólido para bater de frente com eles sem ter o mesmo dinheiro. O futebol é isso, sempre foi assim”, finalizou.

Um comentário em “Lugano vê “10 a 20 jogadores fáceis de vender” no São Paulo

  1. Precisamos vender nossos “Liziero, Helinho e Antony, ou Igor Gomes e Luan” para equilibrar o caixa pois desperdiçamos nossos recursos contratando jogadores como Everton Felipe, Trellez, Raniel, Jean, entre outros que pouco ou nada agregaram ao SPFC.
    Más contratações fazem a roda girar nesse círculo vicioso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.