Garotada garante e São Paulo derrota CSA na despedida do Brasileirão

O São Paulo derrotou o CSA, por 2 a 1, com gols de Toró e Igor Vinícius e Jarro Pedroso descontando, na tarde deste domingo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O clube paulista optou por entrar em campo com um time composto, em sua grande maioria, por jovens revelados pelas categorias de base do clube e o resultado foi o melhor possível: o clube encerrou a competição vencendo. Os dois times já chegaram com seus destinos definidos no campeonato, o Azulão chegou na última rodada rebaixado, e o São Paulo classificado para a fase de grupos da Libertadores.

TRICOLOR USANDO A GAROTADA

Com a classificação garantida para a fase de grupos da Libertadores, o São Paulo resolveu dar chance aos jovens do seu elenco. O treinador Fernando Diniz resolveu relacionar uma delegação onde o jogador mais velho tinha apenas 23 anos, o lateral esquerdo Léo. Já o mais novo foi Patryck, com apenas 16 anos. A média de idade do time titular do time paulista foi de aproximadamente 20 anos.

FIM DO SONHO PARA O AZULÃO

Depois de conquistar três acessos seguidos e chegar na primeira divisão do futebol brasileiro, o sonho do CSA acabou na derrota contra o São Paulo, neste domingo. O péssimo início de campeonato fez com que a reação ao longo da competição não fosse suficiente para salvar o representante alagoano. Depois das 38 rodadas o CSA terminou a competição em 17º lugar, apenas na frente de Avaí e Chapecoense. Mas a campanha não foi apenas de frustrações, o time alagoano conquistou resultados importantes ao longo da campanha: derrotou o Cruzeiro no Mineirão, Fluminense no Maracanã, além de Inter e Corinthians no Rei Pelé.

GOLAÇO MADE IN COTIA

O primeiro gol do São Paulo na partida foi muito bonito. Igor Gomes achou Helinho, que deu um belo toque de calcanhar para Gabriel Sara. O Camisa 42 achou Toró na entrada da área que só teve trabalho de tirar do alcance de Jordi.

ENTROSAMENTO

Quando o São Paulo entrou em campo, apenas os laterais não eram da base do tricolor, os outros noves jogadores vieram de Cotia. O entrosamento era inevitável. Diferente do resto do campeonato, o time jogou leve com tranquilidade para chegar ao gol adversário em grande parte do jogo. Fato que faz a torcida acreditar ainda mais no potencial da base e cobrar mais a utilização dos jogadores revelados pelo clube.

GAROTEADA

Apesar da grande atuação dos garotos, nem tudo foi mil maravilhas. Helinho, que fazia boa partida, acabou sendo expulso no começo da segunda etapa após tomar o segundo cartão amarelo.

MELHOR DEFESA DO CAMPEONATO

O investimento do São Paulo era para fazer o time brigar pelo título. Hernanes, Pato, Pablo, Daniel Alves, Juanfran foram contratados e a campanha foi decepcionante para a maioria da torcida, mas uma marca positiva que o tricolor pode levar com orgulho foi a de melhor defesa da competição.

 

FICHA TÉCNICA
CSA 1 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 8 de dezembro de 2019, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelos: Bustamante (CSA); Helinho, Gabriel Sara e Léo (São Paulo)
Cartões vermelhos: Helinho (São Paulo)

CSA: Jordi; Warley (Lucas Dias), Alan Costa, Luciano Castán e Rafinha; Nilton (Matheus Prado), Dawhan e Euller; Bustamante, Ricardo Bueno e Safira (Jarro Pedroso)
Técnico: Jacozinho

SÃO PAULO: Perri, Igor Vinícius, Walce, Luan e Léo; Liziero, Igor Gomes e Gabriel Sara; Helinho, Juan Santos (Diego Costa) e Toró (Danilo Gomes)
Técnico: Fernando Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.