Criticados pela torcida, Fernandinho e Piris são defendidos por Leão

Apesar da importante vitória por 1 a 0 sobre o Bahia e da manutenção da ótima campanha no Morumbi (14 jogos, 11 vitórias, dois empates e uma derrota), a torcida do São Paulo deu sinais que perdeu a paciência de vez com alguns jogadores. O futebol irregular mostrado pela equipe deu margem para críticas, especialmente a dois jogadores: o lateral-direito paraguaio Iván Piris, que ganhou nova chance no time titular com a lesão de Douglas, e o atacante Fernandinho, que entrou no intervalo na vaga de Maicon.
No primeiro tempo, Piris mostrou desenvoltura, se apresentou em várias jogadas no ataque, mas errou praticamente todos os cruzamentos que deu, para desespero do torcedor. Quando acertou um, ironicamente foi aplaudido. Para Leão, isso não muda em nada a situação do atleta, que continua dentro dos planos. Curiosamente, o gol de Luis Fabiano saiu de um cruzamento do defensor, que desviou na zaga e sobro na área para o camisa 9 fuzilar o goleiro Marcelo Lomba. Na coletiva, o treinador defendeu o gringo.
– Todo elenco tem os atletas que são esforçados e que sempre serão esforçados, como tem os que são craques e os que viram craques. O Piris é um atleta esforçado, mas todo treinador precisa de cara assim, jogador que seja raçudo e cascudo. Ele sempre que necessário vai nos ajudar bastante – afirmou o treinador.
Já Fernandinho irritou os torcedores pelo individualismo. Em uma determinada jogada do segundo tempo, ele arrancou pela esquerda, cortou para o meio e, na hora de chutar de pé direito, mandou a bola na bandeira de escanteio. Porém, Leão não se irritou, pelo contrário. Elogiou o atacante e afirmou que seguirá trabalhando as deficiências do atleta.

– Fernandinho tem um chute forte de pé esquerdo e um péssimo pé direito. Ele ainda não está maturado. Ele é bom aluno e tem vontade de aprender. E vamos continuar insistindo – ressaltou.
O jogador, que entrou no segundo tempo do duelo contra o Bahia, comemorou a primeira vitória tricolor no Campeonato Brasileiro.
– Perdemos diversas chances. O time melhorou no segundo tempo. Precisávamos da vitória e conseguimos aumentar o ritmo até o gol – disse Fernandinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.