Contra ex-clube, atacante alcançará feito histórico pelo São Paulo

Marcos Guilherme pode atingir um feito histórico com a camisa do São Paulo na próxima quarta-feira, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela Copa do Brasil. Se entrar em campo, o atacante passará a integrar o “Top 5” dos jogadores são-paulinos com maior número de jogos ininterruptos desde a estreia.

O atleta disputou todas as 42 partidas desde sua primeira aparição com a camisa tricolor, em 2017. Na ocasião, marcou dois gols na épica vitória por 4 a 3 sobre o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro.

Caso realmente atinja a marca, Marcos Guilherme igualará o feito de Benê, que em 1961 também participou de 43 confrontos consecutivos desde sua estreia pelo clube do Morumbi. O ídolo são-paulino Friedenreich lidera o ranking com 71 jogos disputados de forma ininterrupta desde a sua primeira partida pelo Tricolor, no período entre 1930 e 1932.

Pesa a favor do camisa 23 o fato de raramente apresentar problemas físicos, além de ser disciplinado em relação à arbitragem – em 2018 foi advertido com cartão amarelo uma única vez.

Aos 22 anos, ele é um dos artilheiros do São Paulo na atual temporada, empatado com Nenê, Cueva e Diego Souza, com três gols. No total, acumula 42 partidas pelo clube, sendo 36 como titular, com nove tentos anotados. Marcos Guilherme também é um dos líderes em assistências no ano, com dois passes certeiros.

Após amargar a eliminação para o Corinthians no Campeonato Paulista, o atacante se prepara para o duelo com o Atlético-PR, clube pelo qual foi revelado e que o emprestou ao São Paulo até o fim de 2018.

Será a segunda vez que ele enfrentará o Furacão como atleta tricolor – a primeira ocorreu em outubro de 2017, com vitória do São Paulo por 2 a 1. O duelo de volta, pela quarta fase da Copa do Brasil, está marcado para o dia 19, no Morumbi.

Veja o ranking de são-paulinos com as maiores sequências de partidas desde a estreia:

1: Friedenreich – 71 jogos – 1930-1932
2: Luizinho – 65 jogos – 1930-1932
3: Clodô – 62 jogos – 1930-1932
4: Siriri – 50 jogos – 1930-1931
5: Benê – 43 jogos – 1961
6: Marcos Guilherme – 42 jogos – 2017-2018
7: Felipelli – 40 jogos – 1936-1937
8: Waldemar de Brito – 39 jogos – 1933-1934
9: Lourival – 38 jogos – 1967
10: Babá – 36 jogos – 1966

 

Fonte: Gazeta Esportiva

4 comentários em “Contra ex-clube, atacante alcançará feito histórico pelo São Paulo

  1. Bom jogador… se esforça muito em campo para ajudar tanto no ataque como na defesa… disciplinado, veloz e guerreiro… o São Paulo deveria mante-lo no plantel

  2. Ele me lembra o Leandro Guerreiro: não é craque, mas é muito dedicado (sempre volta para defender) e tem competência para resolver se sobrar uma bola na área adversária.

  3. Muleke dedicado e guerreiro. Tem habilidade mas as vezes falta gás pra atacar. Além de ser são Paulino de coração! Pena que está só emprestado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.