Calazans e Everton Felipe têm futuro incerto no São Paulo para 2020

Calazans e Everton Felipe têm futuro incerto no São Paulo para 2020. Os dois têm poucas chances de aparecer no elenco do técnico Fernando Diniz no próximo ano. Os casos são diferentes:

Calazans: uma das possibilidades é a rescisão do contrato em comum acordo entre jogador e São Paulo. Segundo pessoas ligadas ao atleta, ele dificilmente permanecerá no Tricolor em 2020. Contratado a pedido do antigo técnico Cuca, Calazans se transferiu ao São Paulo em maio sem custos pelos direitos econômicos (Brenner foi emprestado ao Flu). O atacante de 23 anos jogou quatro vezes nesta temporada e tem contrato até 30 de junho de 2022;
Everton Felipe: o atacante tem chances reais de ser emprestado novamente em 2020, mas seu destino ainda é incerto – o Sport manifestou interesse na sua volta. Nos bastidores, o São Paulo considera difícil o retorno do jogador para o elenco da próxima temporada. A ideia de um novo empréstimo seria dar mais minutos ao jogador. O atleta de 22 anos foi emprestado ao Athlético-PR no fim de agosto e atuou cinco vezes. Pelo São Paulo, ele fez 13 jogos no ano. Seu contrato no Morumbi é válido até o fim de 2022.

Calazans foi o mais votado por torcedores na barca do São Paulo no GloboEsporte.com para sair em 2020. Ele recebeu 20.924 votos.

Tréllez, outro jogador do São Paulo que retorna de empréstimo, também tem futuro incerto. A saída de Raniel na troca por Vitor Bueno com o Santos abriu uma vaga de centroavante reserva no elenco. O colombiano quer defender o Tricolor em 2020, embora tenha consultas de outros clubes.

O São Paulo não projeta fazer muitas contratações para 2020. Por dificuldade financeira e também por uma avaliação de que o atual elenco pode entregar mais, o clube pensa em acertar reforços pontuais. A prioridade, no entanto, é primeiro vender jogadores para diminuir o prejuízo nas contas. O déficit previsto para 2019 é de R$ 180 milhões, caso nenhum atleta seja negociado até o dia 31 de dezembro.

Veja abaixo um resumo do São Paulo no mercado:
Vitor Bueno – assinou até 2023 definitivamente, em troca por Raniel com o Santos
Raniel – foi para o Santos definitivamente, em troca por Vitor Bueno
Allan – nome do volante do Fluminense é avaliado no São Paulo
Walce – na mira do RB Leipzig e do Bragantino
Helinho – na mira do Bragantino
Everton Felipe – pode ser emprestado novamente (Sport é um dos interessados)
Calazans – pode ter contrato rescindido em comum acordo e dificilmente fica em 2020
Igor Vinicius – o São Paulo anunciou a compra do lateral e ele assinou até o fim de 2022
Tiago Volpi – opção de compra é dividida: metade agora e outra metade a partir de junho de 2020

 

Fonte: Globo Esporte

5 comentários em “Calazans e Everton Felipe têm futuro incerto no São Paulo para 2020

  1. Contratações RIDÍCULAS e ABSURDAS dessa dupla de incompetentes: LERO-LECO & RAÍ… Deveriam devolver esse dinheiro para instituição. Nada justifica essas contratações. Aliás, tem justificativa SIM… alguém se locupletou com elas … alguém!!!!

  2. Mais duas cagadas do sr. Raí e do Lecú, aí estão partes dos prejuízos e do déficit de 180 mi.
    Deixar o Raí mais um ano junto com esse fracassado imprestável do Lecú, vai nos levar ao colapso como o Cruzeiro, graças aos arrombados conselheiros vendidos que apoiaram e apoiam tudo que a corja maldita faz desde o verme do Juvenal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.