Árbitro relata na súmula ofensas de assessor da presidência do São Paulo

O duelo entre São Paulo e Internacional, na noite da última quarta-feira, no Morumbi, teve ares de decisão. Não é à toa que a vitória dos donos da casa, por 2 a 1, foi tão comemorada, mas o clima tenso foi registrado também na súmula da partida, em que o árbitro Bráulio da Silva Machado relatou as ofensas que recebeu de Marcio Carlomagno, assessor da presidência tricolor.

No documento publicado no site da CBF, Bráulio afirmou que no caminho para o vestiário da arbitragem o membro da diretoria são-paulina o abordou e proferiu as seguintes palavras: “eles tentaram, mas não conseguiram, esses p** no c*”. Em seguida, o árbitro diz que Marcio mostrou o dedo médio e continuou as ofensas: “tentaram roubar mas não conseguiram, vão se f****”.

Carlomagno é assessor remunerado da presidência do São Paulo, por isso se licenciou do Conselho Deliberativo do clube para exercer a função, além disso é um dos aliados mais próximos de Leco. Com as ofensas relatadas em súmula, ele pode ser julgado e punido pelo STJD, ficando assim impedido de circular em áreas como zona mista, sala de imprensa e vestiários em dias de jogos.

Mas não foi só Carlomagno que foi relatado do documento. O preparador físico Pedro Campos, que no jogo da última quarta-feira exerceu a função de auxiliar técnico, já que Márcio Araújo foi treinador interino, também xingou a arbitragem e foi expulso no fim do duelo por conta das seguintes ofensas ao quarto árbitro: “acaba essa merda seu filho da p***”. Pedro cumprirá suspensão automática contra o CSA e é outro que deve ser julgado pelo STJD.

 

Fonte: Lance

5 comentários em “Árbitro relata na súmula ofensas de assessor da presidência do São Paulo

  1. Esse juiz esta doidão para o Inter empatar o jogo. primeiro ele de 5 min. de acréscimo, depois acrescentou mais 1 min. porque o jogador do Inter atrapalhou a reposição de bola do Volpi, beneficiou o infrator e depois mais 1 min. depois mais 1 min. com que justificativa?????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.