O que o São Paulo precisa para comprar Tiago Volpi

O São Paulo precisa de dinheiro até o dia 31 de dezembro para diminuir seu déficit de R$ 180 milhões e comprar Tiago Volpi.

Para isso, o São Paulo terá de ganhar receitas com venda de jogadores (Antony, Walce e Liziero são visados no mercado). Ainda para 2019, o clube projeta receber R$ 80 milhões com negociações de jogadores.

Ou terá de fazer uma manobra financeira (cortar gastos, diminuir a folha salarial ou antecipar receitas) que permita ao Tricolor comprar o goleiro emprestado pelo Querérato, do México.

De qualquer maneira, o São Paulo espera definir a situação do goleiro na semana entre o Natal e o Ano Novo.

O preço da opção de compra de Tiago Volpi no contrato é 5 milhões de dólares (cerca de R$ 21 milhões), sendo:

  • A primeira parcela da compra de Tiago Volpi tem de ser paga à vista: 2,5 milhões de dólares (aproximadamente R$ 10,5 milhões) deverão ser pagos até o dia 31 de dezembro, se o clube de fato exercer a opção;
  • A outra metade de 2,5 milhões de dólares será paga em quatro parcelas, com início em junho de 2020 e término em junho de 2021. Serão quatro parcelas trimestrais.

– O mercado talvez pare no dia 31, pare no dia 1, o resto todos os dias o telefone está tocando, as coisas estão acontecendo e a gente está se preparando para o ano que vem, porque logo no dia 6 os jogadores chegam e não tem tempo para virar o ano ou parar. Vamos continuar trabalhando forte, eu, Raí, Lugano, presidente Leco para que a gente possa começar o ano bem estruturado no ano que vem – afirmou o gerente de futebol Alexandre Pássaro.

Para 2020, o São Paulo projeta R$ 22 milhões em investimentos com contratações – aqui está inclusa a compra de Igor Vinícius, por R$ 2 milhões, parcelados ao longo de 2020.

Por outro lado, o clube projeta receitas de 33 milhões de euros (cerca de R$ 154 milhões) com negociações de jogadores, sendo 75% do valor recebido à vista. Haverá também corte na folha salarial. No início de dezembro, quatro funcionários da comissão técnica foram demitidos.

Veja abaixo um resumo do São Paulo no mercado:
Vitor Bueno – assinou até 2023 definitivamente, em troca por Raniel com o Santos
Raniel – foi para o Santos definitivamente, em troca por Vitor Bueno
Allan – nome do volante do Fluminense é avaliado no São Paulo
Walce – na mira do RB Leipzig e do Bragantino
Helinho – na mira do Bragantino
Everton Felipe – pode ser emprestado novamente (o Sport é um dos interessados)
Calazans – pode ter contrato rescindido em comum acordo e dificilmente fica em 2020
Igor Vinicius – o São Paulo anunciou a compra do lateral e ele assinou até o fim de 2022
Tiago Volpi – opção de compra é dividida: metade agora e outra metade a partir de junho de 2020

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “O que o São Paulo precisa para comprar Tiago Volpi

  1. Meu Deus que desorganização!!!
    Que saudades do Meu São Paulo, que as surpresas de final de ano eram negociações pontuais de grande repercurssão e resultados, caso de Amoroso, Aluizio Chulapa… Toninho Cerezo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.