Vasco 1 x 1 São Paulo

Sobe

SIDÃO: sei que é uma no cravo, outra na ferradura. Não pode ser o goleiro titular do São Paulo para o ano que vem, mas hoje fez uma partida soberba, com três defesas importantíssimas.

ARBOLEDA: o cara é um gigante. Se firmou na defesa, falha muito pouco – ou quase nada -, ganha todas por cima e por baixo, impõe respeito, sem usar a violência. Um grande achado.

Desce

PETROS: partida irreconhecível. Errou passes, falhou na marcação. No gol, o jogador era dele. Sou muito fã desse cara, mas hoje pisou na bola direitinho.

EDIMAR: péssima partida, errando muito, colocando em risco o time. Parece que a contratação em definitivo já comprometeu seu futebol, que é pequenininho.

 

Paulo Pontes

Um comentário em “Vasco 1 x 1 São Paulo

  1. Eu divirjo democraticamente da sua opinião sobre o Petros. Acho ele um bom orador e só! Dá boas entrevistas, mas como segundo volante ele não existe. É lento e perde bolas comprometedoras no meio do campo. Sobrecarrega o Jucilei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*