São Paulo 2 x 1 River Plate

Sobe

CALLERI: mais uma vez decisivo. Oooo, toca no Calleri que é gol, toca no Calleri que é gol…Tem ótima colocação na área. O primeiro gol foi um primor. Matou a bola no peito entre os zagueiros, limpou, com isso o lance, e fuzilou. O segundo com muita impulsão. Grande centro-avante.

HUDSON: partida perfeita. Acabou com o tal de D’Alessandro. Dividiu todas, entrou duro, deu conta do recado e mostrou que não tem medo de cara feia.

MAICON: um gigante na defesa. Mostrou raça e determinação. Ocupou o lugar que seria o de Lugano. Aliás, mesmo de fora, o uruguaio mostrou que é São Paulo e não abre.

 

Desce

DENIS: não pode falhar desse jeito. Já na Argentina, empatamos com o River em virtude de uma falha grotesca em saída de bola. Agora mais uma vez. O goleiro tem que sair na bola ou ficar. Não dá para parar no meio do caminho. E depois, perturbado com esse lance, quase fez uma lambaça e tomou um frango. Não dá.

 

Paulo Pontes

 

Um comentário em “São Paulo 2 x 1 River Plate

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*