São Paulo 1 x 0 São Bento

Sobe

Hudson – Foi o principal responsável pela vitória tricolor, ao fortalecer o meio de campo e sofrer o pênalti. Muricy não se cansa de dizer que o desempenho dos jogadores é refletido na escalação. Sendo assim, merece uma chance contra a Ponte, no domingo.

Boschilia – Deu alguma vida ao acéfalo meio-campo do São Paulo.

Michel Bastos – Já fez partidas melhores, mas foi o único a tentar alguma coisa produtiva entre os 11 titulares. Fez o cruzamento para Centurión cabecear na trave.

 

Desce

Laterais – Tanto Auro quanto Carlinhos foram improdutivos. São setores bastante preocupantes.

Thiago Mendes – Perdeu a oportunidade de melhorar a transição no meio-campo. Errou muitos passes.

Alan Kardec – A bola não chegou com com qualidade, mas é inadmissível errar tantos passes.

Organização tática – Está ausente do Morumbi há algum tempo.

 

Eduardo Gaggini

Um comentário em “São Paulo 1 x 0 São Bento

  1. Mais uma vez, erramos feio nas contratações: Bruno e Carlinhos não agregaram nada. Tiago Mendes parece mais um daqueles Roni da vida… que passa de revelação a descarte, rápido como Roni e Silvinho. E o Centurión, tão badalado… será mais um argentino como tantos que para cá vieram nos últimos tempos sem resultado (vide Cañete, Clemente Rodrigues, etc.)…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*