Santos 1 x 3 São Paulo

Sobe

LUIS ARAUJO: sou muito crítico a este garoto. Já o intitulei de Marlos versão 2017. Mas sou bastante humilde para dizer que ele foi o nome do jogo. Entrou para decidir a partida. Nunca o vi jogando tanto como nesta noite contra o Santos. Que continue assim.

CUEVA: é o nosso motorzinho. Essa estória de politicamente correto está enchendo o saco. Num jogo de torcida única, ele vai comemorar gol de que forma? olhando para o chão? Não vi provocação na sua comemoração, que já é tradicional. Mas, mesmo com toda a pressão, ele não se intimidou e foi fundamental na vitória.

ROGERIO CENI: nesta noite foi possível ver a mão do técnico. Ele percebeu que o ataque estava padecendo de velocidade, pois Neilton era peça morta, voltou para o segundo tempo com Luis Araujo e ele decidiu o jogo. Colocou Araruna e ele teve participação fundamental no terceiro gol. Foi perfeito.

Desce

BUFFARINI: tomou um passeio pelo seu lado. O drible que tomou no gol do Santos foi vergonhoso, quanto mais ele sendo argentino. Em outras épocas alguma coisa ele faria para impedir o drible. Foi desastrosa sua participação.

NEILTON: não entrou em campo. Incrível como até agora não caiu a ficha que está no São Paulo e ele tem que honrar essa camisa.

 

Paulo Pontes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*