Figueirense 1 x 1 São Paulo

Sobe

DENILSON: está vivendo uma grande fase. Mais uma vez fez excelente partida, se transformando no melhor jogador do São Paulo. Sabe de suas limitações no ataque então arrisca-se pouco. Nos desarmes está muito bem e aparece em todos os lados do campo.

KAKÁ: é verdade que perdeu um gol que não poderia, mas está em todos os lados do campo, acompanha o jogo com detalhes e é fundamental na subida de produção do time.

 

Desce

MICHEL BASTOS: jogador com a experiência que ele tem, tendo disputado uma Copa do Mundo, jogado em vários países, não pode cometer o absurdo que cometeu, chutando a cara do adversário. Praticamente pediu a expulsão.

ADEMILSON: chega mesmo a irritar. Como diz o Sombra, do Estádio 97, é o “cemitério da bola”. Impressionante como todos nós sabemos o que vai acontecer quando a bola chega nele.

PAULO MIRANDA: vinha bem nessa posição, mas hoje voltou a ser aquele que conhecemos. Perdeu todas no primeiro tempo, brincou de dar chapéu no segundo, numa jogada que originou o gol adversário e se perdeu por completo.

ARBITRAGEM: mais uma vez, à dano do São Paulo, um pênalti não marcado e algumas faltas próximas a área do Figueirense não marcadas. A marcação é, sim, contra o São Paulo.

 

Paulo Pontes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*