Cruzeiro 1 x 0 São Paulo

Sobe

RENAN: tomou conta da posição. Muito seguro, cortando as bolas cruzadas, cobrindo o gol em jogadas perigosas, salvou o São Paulo de derrota pior com duas grandes defesas. Os outros que disputem um lugar no banco.

JUCILEI: gigante. Foi volante, meia, zagueiro e outras coisas mais, com muita competência e dedicação. Sobra nesse meio de campo e precisa ser comprado em definitivo, no fim do ano, de qualquer maneira.

Desce

CUEVA: o que está acontecendo com esse jogador? Não rende nada desde que voltou da Seleção do Peru, machucado. Não readquiriu a forma nem a confiança. Talvez fosse melhor ser afastado e ficar treinando para voltar bem ao time.

MAICON: vinha bem na partida, mas é muita infantilidade fazer o que fez no lance que originou o gol do Cruzeiro. Não é possível o time contar com um jogador tão imaturo assim.

ROGERIO CENI: que insistência é essa com o João Schmidt? O cara está vendido, vai embora daqui a um mês, não divide bola alguma, seu único passe é para trás, para os zagueiros, e ainda erra. Por que insistir na burrice? Outra coisa: que Cueva tinha que sair, não há dúvida. Mas não era Luis Araujo a substituição correta, mas Thomas. Ou eu sou muito burro?

 

Paulo Pontes

2 comentários em “Cruzeiro 1 x 0 São Paulo

  1. É isso mesmo. A verdade que não dá para esconder é que temos 4 jogadores para montar o time: Renan, Jucilei, Tiago Mendes – desde que jogue na posição de origem – e Lucas Pratto. O restante é formado por jogadores meia-boca, que costumam falhar de forma grotesca, como falharam ontem Rodrigo Fair-Play e Maicon. Quanto ao Rogério, está mais perdido que muleta em sala de ex-votos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*