Xodó de Muricy, zagueiro diz: ‘Prefiro trabalhar com técnicos que cobram’

A relação com jogadores de categoria de base sempre foi motivo de questionamentos na carreira do técnico Muricy Ramalho. Enquanto há quem diga que o treinador não gosta dos garotos e tem tratamento rigído demais, Muricy se defende listando os jogadores a quem deu a primeira chance. Lucas Silva, zagueiro do São Paulo, não está entre eles (foi lançado por Paulo Autuori), mas tem recebido tratamento especial de Muricy.

O técnico disse que Lucas será o titular do São Paulo a partir do ano que vem e o escalou neste domingo, contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. Uma admiração que, pelo menos no discurso, é recíproca, já que o jogador defende o estilo do técnico e diz que é seu preferido.

– Ele cobra, cobra, mas acho que é o correto. É bom porque a gente aprende e vai ganhando experiência. Eu prefiro trabalhar com treinadores assim, porque vejo que ele está interessado no trabalho do jogador. Se ele deixasse de orientar, falar com a gente, seria um problema, então prefiro trabalhar dessa forma – afirmou Lucas, em entrevista ao LANCE!Net.

Na relação de Muricy com garotos consta o zagueiro Breno, o volante Hernanes, o atacante Thiago Ribeiro, hoje no Santos, o meia Felipe Anderson, ex-Santos e atualmente na Lazio (ITA), entre outros. Lucas Silva dá sua versão de como é o tratamento do técnico com os meninos.

– A relação com garotos é tranquila, boa. Treinador que pega no pé do jogador, o jogador some um pouco, então é bom que fale. Há esse trabalho de chamar atenção, de cobrar, exigir. Ele e a comissão técnica fazem isso, para a gente é melhor – afirmou o zagueiro, que neste domingo completa 18 anos.

Em todos os casos citados acima, de jogadores que tiveram início de carreira com Muricy, há histórico de muita cobrança e até desentendimentos públicos. A Felipe Anderson, Muricy cansou de cobrar e diz que o jovem não poderia ser “eterna promessa”. Com Lucas não foi diferente e, nesta semana, o treinador deu uma bronca no jogador em treino no CT.

– Ele me deu uma bronca, errei o passe, falou ali, mas foi tranquilo – disse Lucas.

E assim, Muricy segue trabalhando com garotos. Neste domingo, além do zagueiro, João Schmidt, de 20 anos, Lucas Evangelista, de 19, Ewandro, de 18, e Ademilson, de 20, estarão em campo.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*