Vice do São Paulo diz que teve vergonha de atuação do time

A vitória do São Paulo por 2 a 1 em cima do The Strongest não agradou ao vice-presidente de futebol do time, João Paulo de Jesus Lopes. Na saguão do Morumbi, na madrugada desta sexta-feira, em diferentes entrevistas, o dirigente afirmou que estava envergonhado com o que viu dentro de campo. “O resultado me agradou, a atuação me envergonhou”, começou ele para a Rádio Bandeirantes. “A atuação não foi vergonhosa, mas eu estou envergonhado”, continuou ele para a Rádio ESPN.

A crítica não foi bem recebida pelo técnico Ney Franco. O comandante passou a ser questionado de forma insistente sobre o tema e tentou escapar no começo com uma resposta mais amena.

“A declaração nunca é boa, especialmente quem está dentro, junto conosco no trabalho. É o tipo de informação que pode ficar mais dentro. E a gente sabe que é uma opinião de dirigente misturado com torcedor. Tomara que eles (jogadores) entendam bem, porque ele está dentro do ambiente de trabalho conosco. Mas não vejo problemas dele reclamar publicamente, como também poderemos reclamar se faltar uma coisa ou outra depois”, disse ele.

Depois, Ney Franco foi mais uma vez questionado sobre a possibilidade dessa declaração pressioná-lo. O comandante rebateu afirmando que estava acostumado com este tipo de problema e que isso não causaria problemas. Depois, na terceira pergunta do tema, ele afirmou que não queria causar confusão em cima desta declaração. No quarto questionamento, ele admitiu ter ficado surpreso com a frase.

Por fim, em outra pergunta que não tinha a menor relação com a declaração de João Paulo de Jesus, ele resolveu alfinetar o vice-presidente ao falar que o diretor de futebol é quem sempre resolve os problemas do departamento.

“Na época que definiu que perderíamos um jogo, eu fiz um pedido ao Adalberto Baptista (diretor de futebol), que é quem realmente resolve problemas no futebol. E aí ele fez a correria junto com o jurídico e conseguiu mudar”, disse ele para encerrar a entrevista coletiva.

Fonte: Uol

3 comentários em “Vice do São Paulo diz que teve vergonha de atuação do time

  1. Vergonha, pelo jeito ele não sabe o quê é vergonha, porque se soubesse, viria o que eles estão fazendo na administração, é uma vergonha sem proporções, contrata mal, deixa de contratar, esta guardando o dinheiro do Lucas aonde? Esta declaração é só para atrabalhar, até parece que é torcedor de outro time, dirigente tem que resolver as coisas internamente, não é sair igual uma metralhadora.

  2. Vergonha é ter uma diretoria GOLPISTA, é ter uma diretoria mentirosa que promete e não cumpre, é perder o Morumbi na copa para o time sem estádio, é ficar 3 anos sem títulos por contratar técnicos fracos, é dizer que o Coates já havia sido contratato e o cara foi parar na Europa, é dizer que tinha uma “bomba atômica” e não tinha nem uma biribinha, e ficar dizendo uma coisa e acontecendo outra, é ficar dizendo ASNEIRAS para a imprensa gambá.

    ISSO É VERGONHA, DIRETORIA TOSCA!

  3. Olha o dirigente jogando o time para esse bando de hienas que é a imprensa esportiva.

    Deveria ter vergonha de perder “leilão” para o Grêmio ou de contratar dez jogadores para a Copa São Paulo – verdadeiros atestados de incompetência -, não ter vergonha de ver o time que não recebeu os reforços vencer com dificuldade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*