Ceni é apenas advertido pelo TJD e fica livre para atuar na quinta

rogerio054vpc

O goleiro Rogério Ceni foi apenas advertido nesta segunda-feira pela acusação de ter tentado dar uma rasteira em Valdívia no clássico entre São Paulo e Palmeiras no começo deste mês. Segundo Wilson Marchetti, procurador do TJD que ofereceu a denúncia, Ceni recebeu o alerta em julgamento realizado nesta segunda-feira.

Apesar de não ter sido suspenso, o goleiro Rogério Ceni não será considerado mais réu primário caso volte a ser julgado.

A tentativa de rasteira de Rogério Ceni em Valdívia foi logo após o gol do palmeirense no clássico. O lance não foi relatado na súmula.

Ao escapar da punição, o goleiro são-paulino se livra de uma suspensão que poderia chegar até a três partidas. O atleta foi julgado por ato desleal, de acordo com o artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Ceni é apenas advertido pelo TJD e fica livre para atuar na quinta

  1. Engraçado o uol, o portal dos FDPs. Quando um bandido qualquer é preso em flagrante com uma arma na mão depois de matar um pai de família, o criminoso é tratado por eles como ‘suposto’ acusado.
    Agora, quando se trata do Rogério Ceni, para ganhar ibope com as demais torcidas, a manchete é: “Tribunal ‘alivia’ para Ceni por rasteira em Valdivia”.
    Como eles tem tanta certeza de que intenção do goleiro foi dar realmente uma rasteira?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*