Torcida não liga, mas derrota obriga são-paulinos a se explicarem

Os jogadores do São Paulo tiveram uma tarde inusitada neste domingo, no Morumbi. Normalmente, uma derrota por 1 a 0 para o Ituano geraria muitas explicações para seus torcedores. Desta vez, porém, a torcida não ligou para a derrota, já que o resultado ajudou na eliminação do Corinthians no Campeonato Paulista.

Na arquibancada, uma parte dos torcedores bateu palmas quando o São Paulo tomou o gol, entoou cânticos provocando o rival alvinegro, e fez festa quando o árbitro apitou o encerramento da partida. A situação causou um certo desconforto nos jogadores e gerou estranhamento nos mesmos. Embora a torcida não tenha dado a mínima para a derrota, os atletas não pararam de se explicar, como se sentissem a obrigação de justificar o ocorrido.

As explicações foram direcionadas às inevitáveis perguntas sobre uma possível entregada na partida. A situação deixou os atletas em uma saia justa. O desempenho do time na partida, a forte chuva que atingiu o gramado do Morumbi e prejudicou o espetáculo, tudo isso foi esquecido. Eles tinham que dizer o que, a princípio, deveria ser óbvio: “Não estamos felizes com a derrota”.

“Nunca estou satisfeito com derrota. Nós tentamos, fizemos a nossa parte, mas não conseguimos marcar os gols”, afirmou o atacante Luís Fabiano. “Nunca vi a torcida comemorar uma derrota, mas nós tentamos. Lutamos do começo ao fim, mas não conseguimos”, declarou Rodrigo Caio.

Todos os atletas que pararam para conversar com os repórteres foram indagados sobre o tema. Alguns mostraram nervosismo, outros encararam a questão com normalidade. Nem mesmo Rogério Ceni, líder e capitão do elenco, escapou de dar explicações. Como sempre, saiu do Morumbi bem depois que seus companheiros, mas teve que falar. Ele disse se sentir surpreso com a eliminação do rival, mas que sua equipe fez o que podia.

“É uma surpresa, assim como seria se isso tivesse acontecido com o São Paulo, Santos ou Palmeiras. O campeonato perde em público e em visibilidade. Isso é uma questão do regulamento que, para ser sincero, não entendo muito bem. Você joga 15 rodadas sem valer muita coisa e agora um time grande está fora do mata-mata. São coisas que podem acontecer”, disse.

João Paulo de Jesus Lopes, vice-presidente de futebol do time do Morumbi, teve que dar explicações antes e depois do jogo. “Agora, nós não fizemos uma grande partida. Temos de entender também que o Corinthians precisava de pontos e que só o nosso resultado não foi suficiente para a eliminação”, declarou.

Com a classificação em primeiro lugar do Grupo A garantida no Campeonato Paulista mesmo tendo perdido, o São Paulo ganhou o direito de jogar a segunda partida das quartas de final, contra o Penapolense, em casa.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Torcida não liga, mas derrota obriga são-paulinos a se explicarem

  1. Nos do TRIMUNDIAL nao temos que explicar nada, messsmo,
    nem jogadores e comissao tecnica.
    ???? Quem nao conseguiu ganhar da Penapolense,
    ou mesmo o classico, quem foi, mesmo ?????????????
    Estamos classificados nessa porcaria de campionatinho que nem
    uma formatacao decente tem,
    tambem isso nao e gloria pra ninguem,
    essa carttolagem acabou de vez com o charme do extinto paulistao.
    Viva a cartolagem e a politicagem de nosso paiz.
    Conseguem acabar com tudo mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*