TJD analisa chute de Ceni em Valdivia, e uruguaio detona: ‘Palhaçada’

Após pedido do Tribunal e Justiça Desportiva (TJD) da Federação Paulista de Futebol, para análise das imagens da tentativa de chute do goleiro Rogério Ceni ao meia chileno Jorge Valdivia, no clássico vencido por 2 a 0 pelo Palmeiras sobre o São Paulo, no domingo, um dos companheiros do goleiro não ficou calado. O lateral esquerdo uruguaio Alvaro Pereira criticou a possibilidade de punição em decorrência do lance.

“Por respeito ao Rogério, acho que é uma palhaçada isso. Rogério, 41 anos, vai fazer isso? É muito experiente, é parte do jogo, não fez nada. Ele ficou com a cabeça quente porque fez um gol, ele não quis magoar ninguém. É parte do jogo e tem que pensar também. Não tem que entrar com vídeo, polêmica, tem que terminar ali. É parte do jogo”, disse Alvaro Pereira, em entrevista coletiva no CT da Barra Funda, nesta terça-feira.
Antonio Carlos Meccia, procurador-geral do TJD, afirma que aguarda as imagens do lance e diz que ainda não sabe qual punição Rogério Ceni poderá sofrer. “Já fizemos o pedido e devemos receber amanhã (quarta-feira) as imagens. Ainda não vi, então não sabemos nem em qual artigo ele (Rogério Ceni) poderia ser enquadrado”, falou Meccia ao UOL Esporte.
Alvaro Pereira não quis falar exclusivamente sobre o comportamento de Valdivia, que na comemoração do primeiro gol palmeirense correu para a torcida, deu meia volta e passou à frente de Rogério Ceni para desferir um soco no ar. O goleiro tentou o chute, não acertou e empurrou o atacante Alan Kardec. Valdivia e Ceni colecionam desavenças em campo desde 2008.
“Não gosto de falar de coisas ou de jogador determinado de outro time. Já joguei mil vezes contra o Valdivia pela seleção, temos que ser inteligentes e não entrar no jogo ele. Tem outros muitos jogadores que são assim. Se o Valdivia pode incitar o Rogério, ele também pode incitar o Valdivia. Mas vai chegar um dia que não vai poder fazer nada no campo”, falou Pereira.
Fonte: Uol

2 comentários em “TJD analisa chute de Ceni em Valdivia, e uruguaio detona: ‘Palhaçada’

  1. Tudo esta mesmo virando uma palhaçada nesse futebolzinho brasileiro.
    SEIS juizes em campo, e ainda a arbitragem cada vez pior,
    nos bastidores uma podridão sem fim.
    Nos clubes, nem se fala.
    Cuidem de exterminar as organizadas sr Promotor ou fique quieto no seu canto.
    Querendo aparecer em cima do Mito.
    Esse uruguaio já ganhou a minha simpatia,
    desde o primeiro, precisariamos de ONZE,
    desse naipe nesse time de amarelos,
    liderados pelo zé pipokkka.

  2. Aleluia!
    Enfim alguém que respira futebol no Brasil!!!
    É preciso um estrangeiro para falar o que realmente tem que ser.

    Futebol brasileiro está acabando (se é que já não acabou).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*