Testes de Muricy indicam saídas de Clemente, Osvaldo e mais dois nomes

Contratado para livrar o São Paulo da ameaça do rebaixamento, Muricy Ramalho cumpriu sua missão. Nas últimas rodadas do Brasileirão, com a equipe já sem pretensões no campeonato, o treinador aproveitou para fazer alguns, visando à próxima temporada. As experiências já indicam que alguns jogadores não devem permanecer no elenco tricolor no ano que vem.

O lateral Clemente Rodriguez é um dos que devem encabeçar a lista de atletas que deixarão o clube.  O argentino foi contratado para suprir uma carência no setor esquerdo, mas não agradou e jogou apenas três partidas. Seu prestígio com a comissão técnica é tão baixo que Muricy, na reta final do Brasileiro, fez experiências com o jovem Lucas Evangelista, meio campista de origem, na posição. Foi o caso da partida contra o Fluminense, no dia 17 de novembro. Clemente também pode atuar no setor direito, mas foi preterido, e oportunidades foram dadas aos jovens Lucas Silva e Mateus Caramelo.

Osvaldo, um dos destaques da temporada 2012, também pode estar de saída. O atacante teve uma queda vertiginosa de produção no segundo semestre deste ano, e perdeu espaço para jovem Ademilson. Foi titular com o time reserva na mesma partida contra o Fluminense, e depois contra o Criciúma, sem reencontrar o bom futebol. Neste domingo, contra o Coritiba, sequer entrou em campo, um indicativo de que não deve ser aproveitado no próximo ano.

Fabrício é outro que não deve ter futuro no Morumbi. O volante entrou em campo pela última vez também contra o Fluminense, e, desde então, ficou de fora dos testes de Muricy. O comandante tricolor optou por dar oportunidade ao jovem João Schmidt na partida contra o Criciúma.

O atacante Silvinho entrou na segunda etapa da derrota para o Coxa, depois de ficar de fora das três partidas anteriores, todas disputadas com reservas e utilizadas como laboratório pela comissão técnica. Apesar da aparição da última rodada, também não convenceu e não deve permanecer. Seu contrato acaba em julho de 2014.

O São Paulo ainda negocia a rescisão com Lúcio. Afastado desde julho pelo então treinador Paulo Autuori, o veterano zagueiro foi oferecido ao Palmeiras. O meia Jadson está lesionado, mas perdeu seu lugar na equipe titular com ascensão de Ganso, e procura alternativas fora do país para evitar passar 2014 na reserva.

Existem ainda jogadores que têm o aval da comissão técnica, mas podem acabar saindo. É o caso dos volantes Wellington e Denilson, que, a princípio, serão aproveitados, mas, em caso de uma proposta interessante, podem acabar sendo negociados.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*