Substituído, Lúcio não fica no banco e vai para ônibus sem ouvir papo de Ney

Os jogadores começam a dar sinais de que estão insatisfeitos com a fase vivida pelo São Paulo. Substituído por Ney Franco para a entrada de Paulo Henrique Ganso, o zagueiro Lúcio, além de não cumprimentar o treinador, nem ficou no banco de reservas para assistir o jogo até o fim. Na troca, o jogo ainda estava 0 a 0. O zagueiro deixou o vestiário antes mesmo de reencontrar seus companheiros após o apito final, quando o placar apontou 2 a 1 para o Arsenal de Sarandí.

Segundo relatos da Rádio Globo, o pentacampeão, chamado de capitão sem faixa pelo treinador, deixou o vestiário assim que o apito final foi dado. Ele não ouviu o papo final de Ney Franco e também não conversou com seus companheiros após o resultado do jogo. Ainda segundo o jornalista, o atleta deitou no banco dentro do ônibus, colocou as mãos para trás e os pés no banco da frente, sem mostrar muita preocupação e sem querer esconder a cena.

O detalhe é que o ônibus da delegação do São Paulo fica a poucos metros do local reservado para a imprensa brasileira ficar esperando as entrevistas coletivas. Juvenal Juvêncio, presidente do clube, passou por ali e não quis conversar com a imprensa. Antes da partida, ele havia garantido que não haverá mudança na comissão técnica e usou a liderança do Paulista como escudo.

A derrota na Copa Libertadores deixa o São Paulo com quatro pontos, ainda na segunda colocação, com o mesmo número de pontos do Arsenal de Sarandí. O time brasileiro enfrenta o The Strongest, em La Paz, na Bolívia e precisa da vitória para depender só de suas forças. O Atlético-MG, que completa o grupo 3, segue líder e já classificado, com 12 pontos.

A última vez que o São Paulo não passou da primeira fase da Libertadores aconteceu em 1987. Depois disso, em dez ocasiões, a equipe avançou à fase de mata-mata.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “Substituído, Lúcio não fica no banco e vai para ônibus sem ouvir papo de Ney

  1. Se esse aí não sabe respeitar a decisão do técnico nem o colega que entrou em seu lugar, melhor demitir logo. Fosse um Lugano fazendo isso, vá la´. Esse aí chegou outro dia e quer ser dono do time…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*