SP precisa de vitória inédita com Muricy para superar Ponte e ir à final

Desde o retorno de Muricy Ramalho ao São Paulo, a equipe marcou 12 vitórias, quatro empates e seis derrotas. Nenhum dos triunfos, no entanto, serviria para classificar a equipe à final da Sul-Americana na noite desta quarta-feira, em Mogi Mirim, na partida de volta da semifinal contra a Ponte Preta. Além do “jogo perfeito”, já ressaltado como necessário pelo elenco, será preciso vitória inédita para continuar na competição.

Nos 22 jogos desde a volta de Muricy, a maior vitória foi contra o Naútico, no Morumbi, por 3 a 0. Foi a única vez que o time venceu por três gols de diferença. Nunca, desde então, houve triunfo semelhante fora de casa, como nesta quarta-feira, no Romildo Ferreira, em Mogi Mirim.

A melhor vitória deste time de Muricy fora de casa foi contra o Cruzeiro, que ainda não era campeão do brasileirão, por 2 a 0. Os placares de outras partidas longe do Morumbi não serviriam para chegar à final da Sul-Americana se aplicados à partida de hoje.

Mesmo com necessidade de marcar pelo menos três gols para pensar em vencer nesta noite, Muricy Ramalho não optou pela entrada de Luis Fabiano no ataque, e manteve o camisa 9 no banco. Aloísio será novamente  o titular, e dividirá o setor ofensivo com Douglas e Ademilson.

O São Paulo precisa vencer por três gols de diferença, ou por dois desde que vença por 4 a 2 ou mais gols, para superar a derrota por 3 a 1 para o clube de Campinas no Morumbi, na última quarta.

Os desfalques de Muricy Ramalho não estariam no time titular, mas certamente serviriam como opções no banco de reservas. O meia Jadson sofreu contratura no músculo adutor da coxa direita, e pode só voltar em 2014 se não deixar o clube no fim do ano. O volante Fabrício, também com futuro indefinido, sofre com contratura na panturrilha esquerda. Mateus Caramelo também foi vetado pelo departamento médico por conta de um trauma na face, e Carleto e Roger Carvalho aprimoram parte física após recuperação de cirurgias.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X SÃO PAULO

Local: Romildo Vitor Gomes Ferreira, em Mogi Mirim (SP)
Data: 27 de novembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Vera (EQU)
Assistentes: Christian Lescano (EQU) e Byron Romero (EQU)

PONTE PRETA: Edson Bastos, Artur, César, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Fellipe Bastos e Elias; Rildo e William (Leonardo). Técnico: Jorginho

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Denilson e Maicon; Douglas, Paulo Henrique Ganso e Ademilson; Aloísio. Técnico: Muricy Ramalho

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*