SP já recusou R$ 20 mi por Cortez. Agora, Benfica o repassa ao Criciúma

No fim de 2012 o São Paulo recebeu uma proposta de R$ 20 milhões do Metalist, da Ucrânia, para vender o lateral esquerdo Cortez, comprado no início daquele mesmo ano por R$ 7 milhões. Naquele momento, ele era titular absoluto do São Paulo campeão da Copa Sul-Americana. Desde então, Cortez vivenciou um afastamento no Morumbi, um empréstimo mal sucedido ao Benfica, de Portugal, um novo afastamento e agora se transfere ao Criciúma.

A diretoria do clube catarinense já se acertou com o lateral. Ele fará exames médicos e assinará contrato até o próximo domingo. A programação do Criciúma é apresenta-lo como reforço na segunda-feira. Esta negociação, no entanto, não passou pelo São Paulo. O Benfica repassou o empréstimo e combinou como serão partilhados os pagamentos do salário até o mês de junho – o empréstimo ao clube português era até o fim da temporada europeia.

Antes de acertar com o Criciúma, Cortez passou três meses no Rio de Janeiro, com salários pagos pelo Benfica. Ele foi afastado do clube por imposição da diretoria após não conseguiu jogar pela equipe. O Benfica tentou rescindir o empréstimo, mas ouviu resposta negativa do São Paulo, que não gostaria de contar com o jogador e queria que os salários fossem mantidos pelos portugueses.

Nos três meses que passou no Rio de Janeiro, Cortez treinou por conta própria. Fez atividades diárias nas praias, algumas ao lado do volante Luiz Antonio, do Flamengo, que ficou sem jogar neste início de ano, ao acionar o clube na Justiça.

Cortez chegou à seleção brasileira, foi convocado em times que contaram apenas com atletas que jogavam no Brasil. O declínio passa por uma dificuldade de se adaptar aos sistemas táticos. Bom no apoio ao ataque, ele sofre para defender. No São Paulo, quando afastado, perdeu lugar para Carleto.

A avaliação do São Paulo é que Cortez hoje não é necessário pelas opções que se tem no elenco para o setor. O clube tem Alvaro Pereira como titular absoluto, gosta do reserva Reinaldo e ainda tenta se livrar do argentino Clemente Rodríguez, que não deu certo.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*