Souza explica treino inovador de Osorio com duas bolas: ‘Nada por acaso’

Na manhã desta quarta-feira, o técnico colombiano Juan Carlos Osorio comandou um treino diferente no São Paulo. Os jogadores trabalharam com duas bolas ao mesmo tempo no campo. Ou seja, havia momentos em que uma estava no ataque e outra na defesa, variando nos dois times. A atividade chamou a atenção, os atletas demoraram um pouco para absorver, mas depois agradou. O relato é do volante Souza.

Em entrevista exclusiva ao LANCE!, que será publicada na íntegra nesta quinta-feira, Souza detalhou o treino de Osorio e explicou por que os efeitos foram positivos. Ele disse que ainda não tinha visto este tipo de situação com técnicos brasileiros e rasgou elogios ao colombiano.

– Ele (Osorio) é muito inteligente. O que gosto e já aprendi é que qualquer trabalho tem alguma função. Não dá nada por acaso, somente por estar ali. O trabalho de hoje, no início não entendemos muito bem, mas logo depois ele parou o treino, explicou. Saíram duas bolas, uma de cada vez, de cada lado. Ele queria chamar a atenção que a equipe tem defesa e ataque. A defesa tem que defender e o ataque, atacar. Enquanto o ataque está atacando lá, você tem que defender aqui, não pode ficar preocupado em atacar. Quer dizer que quando estamos com a bola na frente, nossos defensores não têm que estar preocupados em estar lá, tem que estar preocupados em defender caso perca a bola e não ser surpreendidos – declarou o camisa 5.

– São coisas que a gente não via com treinadores brasileiros. A gente não vinha trabalhando condução de zagueiros, e ele quer que o zagueiro conduza a bola, não quer que rife nem o volante venha buscar a bola no pé do zagueiro. Quer que o zagueiro conduza e aí sim tenha superioridade numérica para acionar o atacante. São coisas que realmente a gente vê diferente nele, e surte efeito – completou o volante.

No treino, Osorio orientou muito os jogadores, como de costume, e fez cobranças mais rispidas direcionadas a Pato, Luiz Araújo e João Paulo, todos atacantes, por não finalizarem as jogadas. Os métodos de trabalho do Lorde, como é conhecido, têm chamado a atenção dos jornalistas no CT e são elogiados pelos atletas.

Souza, que tem sido um dos principais jogadores do time desde a chegada do colombiano, conversou com o técnico durante a atividade. Ele foi o capitão do time no último domingo, no empate por 1 a 1 contra o Avaí, em que marcou o gol. Já havia marcado contra a Chapecoense, na vitória por 1 a 0, no outro sábado.
Fonte: Lance

3 comentários em “Souza explica treino inovador de Osorio com duas bolas: ‘Nada por acaso’

  1. Coisas de 1930 os caras ficam falando que é inovador e revolucionário, taxam o cara de gênio e quando comete um erro qualquer ele desce para o inferno com a mesma velocidade. Não é só a imprensa que é culpada, até o Rogério já veio dar sua contribuição comparando o cara com o Mourinho, assim não dá né…

Deixe uma resposta para Anthrax Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.