Situação e oposição do São Paulo têm cargos vagos e brigam no Morumbi

Depois das confusões relacionadas ao projeto da cobertura do Morumbi, membros da situação e da oposição voltaram a entrar em atrito depois da eliminação para o Penapolense nas quartas de final do Paulistão. Vestidos de vermelho, representantes da chapa SPFC Forte teriam provocado os rivais ao dizerem que o goleiro Samuel defendeu a cobrança de Rodrigo Caio por estar usando a mesma cor de camisa.

Os integrantes da chapa Avança São Paulo, que têm o amarelo como cor principal, se indignaram com a atitude e uma áspera discussão teve início na área de acesso à parte social do Morumbi. Kalil Rocha Abdalla, candidato da oposição, garantiu ao LANCE! que deixou o estádio sem ver nenhuma confusão e afirmou que a briga poderia não passar de fofoca. Carlos Miguel Aidar, líder da situação, também não viu o incidente, mas criticou a postura dos concorrentes.

Enquanto a relação segue estremecida, as lideranças das chapas correm para definir os nomes para suas possíveis diretorias. Na situação, Aidar tem em Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, como candidato à presidência do Conselho Deliberativo. Entre os oposicionistas, Marco Aurélio Cunha foi escolhido por Kalil para ser o vice–presidente de futebol. Marco já trabalhou como médico na comissão técnica tricolor e foi superintendente de futebol nas gestões de Marcelo Portugal Gouvêa e Juvenal Juvêncio.

No Conselho Deliberativo, Kalil e Marco Aurélio desejavam a permanência de José Carlos Ferreira Alves, mas o atual presidente desistiu da candidatura e Leco foi escolhido pela situação. A SPFC Forte buscou aproximação com os rivais para ter Leco como único candidato ao posto, mas Carlos Miguel Aidar logo refutou a sugestão.

Fonte: Lance

2 comentários em “Situação e oposição do São Paulo têm cargos vagos e brigam no Morumbi

  1. Paulo Pontes essa eliminação do Tricolor no paulistinha tera alguma influencia na eleição para presidente dia 16 de Abril? Quais as chances de a oposição sair lucrando com isso?

    • Nenhuma com certeza, caro amigo, nao sou o PP,
      mas politiqueiros fazem aliancas com antecedencias
      e sao indestrutiveis.
      Gostaria imensamente de estar errado,
      mas, na politicagem e kartolagem
      nada estremece esses acordos.
      Teremos outro ditadorzinho por ai,
      esperamos que monte pelo menos um time dentro de campo
      que nao seja esse amarelao de suas camisas de campanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*