São Paulo venceu todos jogos em que não teve Jadson e Luis Fabiano

Não será diante do Atlético-MG, na quarta-feira que vem, a primeira vez no ano em que o São Paulo não contará nem com Jadson nem com Luis Fabiano. Ambos foram desfalques (ou não aproveitados) em uma mesma partida em cinco dos 24 compromissos da temporada até aqui – e o time saiu vitorioso de todos eles.

Os jogos, todos pelo Campeonato Paulista, foram contra Atlético Sorocaba (vitória por 2 a 1, no Morumbi), Guarani (2 a 1, em Campinas), Penapolense (2 a 0, em Penápolis), Botafogo (3 a 1, em Ribeirão Preto) e União Barbarense (2 a 1, em Santa Bárbara d’Oeste).

“Uma equipe não é feita só de 11 jogadores, é de um grupo”, justifica o lateral esquerdo Thiago Carleto, que iniciou a temporada na reserva e não só tomou a posição de Cortez como agradou a diretoria a ponto de ter seu contrato renovado. “A gente sabe da importância dos dois, mas temos que confiar nos outros que vão entrar. Quem pensou que não ia jogar, chegou o momento. Momento em que o São Paulo mais precisa. E todos estão preparados”.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Meia e atacante estão suspensos na Libertadores

Quem melhor soube aproveitar a oportunidade até agora foi Aloísio. O substituto de Luis Fabiano marcou em das cinco partidas em que a dupla não esteve em campo. Ademilson, também atacante, balançou a rede duas vezes. Os outros gols foram de meias (Paulo Henrique Ganso e Cañete) e zagueiros (Rhodolfo e Lúcio), além de um contra e um do goleiro Rogério Ceni, em cobrança de falta.

A diferença dos times do interior paulista para o Atlético – líder do grupo 3 da Libertadores com total aproveitamento dos pontos – deve ser levada em consideração, é claro, mas não supervalorizada, na opinião de Carleto.

“Nós sabemos que temos condição de ganhar do Atlético”, destacou o lateral, ciente de que apenas vencer não basta para obter a classificação – o Arsenal também não pode perder para o segundo colocado The Strongest. “Mas eles também podem se classificar se a gente perder, então vão querer ganhar”.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*