São Paulo se iguala a Palmeiras e empata no Morumbi

A exemplo do último domingo, no clássico entre Santos e Corinthians (0 a 0), o Morumbi mais uma vez não encheu para o empate entre São Paulo e Palmeiras. E a também a exemplo do último clássico, os gols não deram o ar de sua graça e o placar ficou em 0 a 0 no Cícero Pompeu de Toledo, na 11ª rodada do Paulistão Chevrolet.

O Tricolor, com 23 pontos, continua na liderança do Campeonato Paulista. Já o Verdão, com 17, retornou ao G8.

Optando por se resguardar, o técnico do Palmeiras, Gilson Kleina, armou sua equipe com três volantes: Vilson, Márcio Araújo e Charles. Já Ney Franco, de olho na Libertadores, poupou os principais destaques do time, Jadson e Osvaldo. Quem não foi poupado foi o torcedor que compareceu ao estádio, submetido a um primeiro tempo morno e sonolento.

A primeira metade do jogo teve poucas chances. Aos 7 minutos, Luis Fabiano recebeu de Douglas, mas Fernando Prass saiu bem para fechar o ângulo e evitar o gol. Uma boa cabeçada de Rodrigo Caio aos 29 e um chute forte de Márcio Araújo aos 41, ambos defendidos pelos goleiros, completaram os melhores momentos.

O Palmeiras voltou para a segunda etapa determinado a atacar mais, com a entrada de Patrick Vieira no lugar de Charles. A alteração quase surtiu efeito imediato: o meia acertou um chute perigosíssimo, com apenas 2 minutos em campo, tirando tinta da trave esquerda de Rogério.

O Verdão ainda teve outras chances de marcar, mas não conseguiu finalizar com qualidade. Vinícius recebeu duas bolas na área e chutou mal. Uma delas, até chegou ao gol, mas Ceni, mesmo com um movimento estranho, conseguiu mandar para escanteio.

Três minutos depois, Valdivia, que começava a crescer em campo, cometeu falta em Lúcio. Irritado, o veterano zagueiro retrucou com uma cotovelada e acabou expulso; foi a deixa para Ney Franco promover as entradas de Jadson e Osvaldo nos lugares dos inoperantes Ganso e Luis Fabiano.

O jogo melhorou um pouco com as trocas e Aloísio teve sua chance aos 19 minutos, com uma bomba de fora da área, defendida por Prass. Weldinho assustou aos 34, com um bom chute, mas a bola foi para fora. Aos 40, Osvaldo quase definiu o jogo com um chute de pé direito, mas o goleiro alviverde fez mais uma boa interevenção.

No fim, mesmo com um Valdivia participativo, o Palmeiras pecou no acabamento das jogadas e não conseguiu tirar o zero do placar. E pelo lado tricolor, a entrada tardia de Osvaldo quase castigou o rival, mas acabou não decidindo a partida.

O São Paulo vai à Argentina na quinta-feira, encarar o Arsenal pela Copa Libertadores. Já o Palmeiras jogará na quarta, quando enfrentará o Paulista, no Pacaembu, em jogo atrasado do Paulistão.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 0 X 0 PALMEIRAS

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 10/03/2013 – 16h
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Fabrício Porfírio de Moura (SP) e Claudenir Donizeti Golçaves da Silva

Renda/Público: R$ 537.215,00/18.020 público total
Cartões Amarelos: Douglas, Wellington, Jadson, Luis Fabiano (SPO), Patrick Vieira, Kléber, Weldinho (PAL)
Cartões Vermelhos: Lúcio (SPO)
GOLS: –

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Douglas, Lúcio, Rafael Toloi, Cortez, Wellington (Edson Silva – 9’/2ºT), Rodrigo Caio, Maicon, Ganso (Jadson – 7’/2ºT), Aluísio e Luis Fabiano (Osvaldo – 14’/2ºT). Técnico: Ney Franco

PALMEIRAS: Fernando Prass, Weldinho, Maurício Ramos, Henrique, Juninho, Márcio Araújo, Vilson (Wesley – 23’/2ºT), Valdívia, Charles (Patrick Vieira – intervalo), Kleber e Vinícius (Leandro – 17’/2ºT). Técnico: Gilson Kleina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*