São Paulo recebe sondagem de clube europeu por Ganso, mas dificulta saída

Depois de Rodrigo Caio acertar a transferência ao Valencia (ESP), o meia Paulo Henrique Ganso pode ser o próximo a deixar o São Paulo. O Monaco, da França, mostrou interesse na contratação do jogador são-paulino e já procurou a diretoria tricolor para ter conhecimento sobre a situação contratual.

O clube francês, no entanto, ainda não fez um proposta oficial pelo camisa 10. O primeiro contato com o São Paulo se deu nesta semana. Inicialmente, o Monaco ficou surpreso em relação à pedida do São Paulo, que espera, ao menos, recuperar o dinheiro investido em Ganso.

Em setembro de 2012, o clube paulista acertou a contratação do meia ao pagar R$ 16 milhões por 32% dos direitos econômicos do atleta. O Grupo DIS, que já tinha 45% dos direitos, pagou R$ 7,9 milhões e, dessa forma, ficou com 68%.

A sondagem do Monaco fez o técnico Juan Carlos Osorio procurar Ganso para convencê-lo a ficar no clube. O treinador teria ido até o quarto do jogador para uma conversa olho no olho.

Na coletiva desta sexta-feira, o colombiano confirmou que conversou com três jogadores do elenco são-paulino: além de Ganso, Rodrigo Caio e Denilson — o volante recebeu proposta do futebol árabe na última quarta, mas o São Paulo recusou.

Durante o encontro individual, Osorio tentou mostrar aos três jogadores o quanto eles seriam importantes para o time no novo projeto do clube, principalmente durante a continuação do Campeonato Brasileiro.

Ganso não enfrentará a Chapecoense neste sábado, às 16h30, em Santa Catarina. O jogador, de acordo com o treinador colombiano, está com dores musculares e está fora da partida válida pela sétima rodada do Brasileirão.

Interesses por Ganso

O São Paulo recebeu uma proposta oficial do Flamengo por Ganso no último dia 3. Os cariocas estariam dispostos a pagar 3 milhões de euros (R$ 10,5 milhões) pelos 32% dos direitos econômicos pertencentes ao clube paulista.

Já o Santos, na semana anterior, tentou o empréstimo do meia. O presidente Carlos Miguel Aidar confirmou o interesse santista, mas descartou a saída de Ganso em um contrato desse tipo.

Depois de recusar a proposta do Flamengo, o presidente Carlos Miguel Aidar disse que o jogador cumpriria o contrato com o São Paulo (o vínculo se encerra em 2017).

A venda de jogadores é, segundo a diretoria do São Paulo, um das saídas para o acerto do caixa. O clube deve dois meses de direitos de imagem e esperava a entrada de uma verba extraordinária para quitar as dívidas.

Nesta sexta-feira, o São Paulo acertou a venda de Rodrigo Caio para o Valencia, da Espanha, por 12,5 milhões de euros (R$ 43,7 milhões). O clube é dono de 80% dos direitos econômicos do atleta.

Além disso, a venda ao clube espanhol pode render mais 4 milhões de euros (R$ 14 milhões) ao São Paulo nos próximos meses, caso metas sejam cumpridas, como quantidade de partidas e títulos conquistados).

 

Fonte: Uol

7 comentários em “São Paulo recebe sondagem de clube europeu por Ganso, mas dificulta saída

  1. Manda embora logo, e de brinde, manda o Reinaldo.

    Não vai jogar nada mais no Tricolor, só dar gasto com alto salário, então amenizem o prejuízo com o $$$ que conseguir.

  2. Se pegar o que pagou manda embora, até hoje toda vez que precisou ele negou fogo
    Acredito que esse Renato Cajá da Ponte, supre bem o lugar dele e só ir na Ponte e contratar.

  3. Depois dessa notícia, está explicado o porque dele não jogar hoje!

    O desconforto dele está no bolso e não nos músculos…

    Deveria estar com desconforto era mesmo na consciência!!!!!

  4. Na boa, eu venderia e parava de ficar apostando na eterna esperança que Ganso volte a ser pelo menos 50% do que foi no Santos. Ele me lembra bem o Ricardinho, muito nome e um inteira decepção.
    Lógico que nesse início de trabalho Osório não quer ficar na mão com a dispensa de vários atletas de nível (de nome), mas sabemos que Ganso é muito confete para um campeonato árduo como o brasileiro.

    • Assinaria embaixo.
      Se o Ganso fosse tudo isso que imprensa e ele mesmo acham, deveria jogar na seleção brasileira que, hoje, é cheia de jogadores meia-boca. Se o SP perder esta oportunidade de venda, vai ter que amargar um gasto elevado com um jogador desmotivado até o fim de seu contrato que é longo…

Deixe uma resposta para Alexandre K Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.