São Paulo encara altitude e The Strongest por 1ª grande vitória do ano

Para mostrar que tem, sim, poder de fogo, o São Paulo enfrenta o The Strongest e quer voltar da altitude de 3,6 mil metros de La Paz com os três pontos na bagagem. Constantemente questionados por falta de vitórias em jogos cruciais, os são-paulinos começam a se incomodar com as críticas e têm nesta partida a grande chance de reagirem. O jogo começa às 21h30 (horário de Brasília) e vale pela 5ª rodada da fase de grupos da Libertadores.

Para isso, o técnico Ney Franco aposta na manutenção da base que foi derrotada pelo Corinthians por 2 a 1 no Morumbi, no clássico do último domingo pelo Campeonato Paulista.

O revés, aliás, é mais um da lista que coloca a pulga atrás da orelha do torcedor. Isso porque o São Paulo não conseguiu vencer clássicos ou adversários considerados de primeiro escalão. Foram derrotas contra Santos, Corinthians, Atlético-MG e Arsenal de Sarandí (na Argentina) e empates contra o Palmeiras e Arsenal de Sarandí (no Brasil).

Aloísio, escolhido para substituir Luis Fabiano, quer fazer uma boa partida para acabar de vez com o fantasma de só vencer partidas consideradas “pequenas” e também para esquecer o erro que cometeu diante dos argentinos na 4ª rodada da fase de grupos da Libertadores. Na ocasião, o atacante falhou em um dos últimos minutos do jogo e, para piorar, viu Rogério Ceni sofrer o gol da vitória argentina.

“Espero contribuir para que a gente traga esses três pontos da Bolívia. Todos sabemos as dificuldades que existem lá. Vamos escutar o que o Ney Franco tem a nos dizer sobre isso”, disse ele ainda no embarque para Bolívia.

No time do The Strongest, o treinador Eduardo Villegas tem um desfalque certo, o lateral Jair Torrico. Seu substituto será Daniel Chávez. Em contrapartida, a boa notícia é que Luis Méndez e Chumacero, que estavam se recuperando de lesão, estão aptos para a partida.

Mesmo com essas definições, Villegas prefere não confirmar a escalação. Ao jornal “El Diario”, de La Paz, na Bolívia, ele disse que tem uma boa expectativa de vencer o time que considera um dos melhores do Brasil.

“Temos que ser ofensivos, com contundência, mas vamos ter que ter cuidado defensivo para não ceder espaços. A ideia é ganhar. Será uma partida difícil, já que vamos enfrentar um dos melhores do Brasil”, disse.

O São Paulo ocupa a vice-liderança do grupo 3, com quatro pontos, e busca uma vitória na Bolívia para não chegar pressionado na rodada final contra o Atlético-MG. Em quarto lugar, The Strongest tem três pontos e também briga pela vaga na próxima fase. O Arsenal de Sarandí, derrotado pelos já classificados mineiros por 5 a 2 na última quarta, aparece em terceiro com quatro pontos.

FICHA TÉCNICA
THE STRONGEST X SÃO PAULO

LOCAL: estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
DATA: 4/4/2013, quinta-feira
HORÁRIO: 21h30 (horário de Brasília)
ÁRBITRO: Victor Carillo (Peru)
ASSISTENTES: Jonny Bossio e Cesar Escano (Ambos do Peru)

THE STRONGEST: Vaca; Bejarano, Barrera, Smith (Mendez) e Chavez; Chumacero, Veizaga, Soliz e Cristaldo; Escobar e Reina.
TÉCNICO: Eduardo Villegas

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Denilson, Maicon, Jadson e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Aloísio.
TÉCNICO: Ney Franco

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*