São Paulo desiste de Vargas e Santos fica muito próximo do acerto

Eduardo Vargas, alvo do Santos desde o fim de 2012, está bem próximo do acerto com o clube, com quem deve firmar contrato de um ano de empréstimo.

Na sexta-feira, o São Paulo – maior concorrente na transação – jogou a toalha pelo negócio. O presidente Juvenal Juvêncio não concordou em pagar ao Napoli (ITA) o valor de 1,8 milhão de euros (R$ 5,8 milhões), à vista, pela cessão do atacante de 24 anos de idade por um ano.

– Por que pagar 1,8 milhão de euros se no ano passado era 1,2 milhão? Disseram: “Tem Copa, ele pode se valorizar”. Aí tem a cláusula que podem tirá-lo (se chegar proposta). E mais 300 mil euros (R$ 970 mil) a cada seis meses para o procurador dele. Ou seja, com a Copa, ia jogar nove meses. Sabemos fazer conta. Dava R$ 1 milhão e 350 mil por mês (somando salários). Falei: um abraço – disse Juvenal, à rádio Transamérica.

Para o chileno ser anunciado pelo Peixe, porém, faltam detalhes a serem resolvidos entre ele e o Napoli (ITA). Com salário de R$ 270 mil mensais, o jogador terá de ser liberado caso receba uma proposta de 9 milhões de euros (R$ 29 milhões) após a disputa da Copa.

Com duas parcelas ainda a receber da venda de Rafael para o clube napolitano, o Peixe conseguiu tomar à frente ne negociação. O goleiro custou 5,2 milhões de euros – com 70% do valor destinado ao Santos e 30% para a Teisa (Terceira Estrela Investimentos, que é parceira do clube).

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*