São Paulo consultou presidente da Conmebol antes de trazer Pabon

Jogadores oferecidos por DVDs ou indicados por empresários não têm vez na atual gestão do São Paulo. O discurso de Muricy Ramalho tem sido levado à pratica e o clube não mais contrata apenas por contratar. Prova disso é que a chegada do colombiano Dorlan Pabon contou com a aprovação até do presidente da Conmebol.

Eugenio Figueredo, mandatário máximo da entidade que regula o futebol sul-americano, foi consultado pelos dirigentes são-paulinos. O uruguaio de 83 anos aconselhou a concretizar o negócio.

Contratação que surgiu também recomendada por uma pessoa de confiança: Luizão. Campeão da Libertadores pelo Tricolor em 2005, o ex-atacante hoje trabalha com empresários. Ele ligou para Milton Cruz para avisar da possibilidade.

O nome chegou até Muricy Ramalho, que já gostava do futebol de Pabon desde quando dirigia o Santos. O colombiano foi indicado para a diretoria, que executou o acordo.

Dorlan Pabon assinou na última quarta-feira, no Morumbi, contrato por empréstimo até o meio de 2015. O jogador, que pertence ao Valencia (ESP), assistiu à goleada são-paulina por 6 a 3 de um dos camarotes do estádio, ao lado de Luizão e de parte da diretoria tricolor.

Ele ainda não terá condições de jogo neste fim de semana. Pabon deve ser apresentado na segunda-feira porque ainda precisará ir até a Colômbia resolver burocracias.

Nas redes sociais, o novo camisa 22 de Muricy Ramalho mostrou muito entusiasmo com o acerto e divulgou diversas fotos dele com a camisa do clube. Na tarde desta quinta, ele realizou exames médicos.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*