São Paulo comemora 13 anos da conquista do tri da Libertadores

Há exatamente 13 anos, no dia 14 de julho de 2005, o São Paulo goleava o Atlético-PR pelo placar de 4 a 0 e conquistava seu terceiro título da Copa Libertadores da América. Neste sábado, por meio das redes sociais, o Tricolor do Morumbi fez questão de relembrar a conquista.

No Twitter, a conta oficial do Soberano na plataforma narrou os gols da decisão, anotados por Amoroso, Fabão, Luizão e Diego Tardelli. “O primeiro gol veio aos 16 minutos: Luizão tocou de calcanhar para Danilo bater. O goleiro defendeu e o meia, no rebote, passou para Amoroso, de cabeça, abrir o placar”, contou uma das publicações.

Já pelo Facebook e pelo site da equipe, a lembrança ficou por conta de uma recapitulação da campanha são-paulina naquela competição e dos fatos da partida decisiva. Para chegar à final, o Tricolor desbancou o Palmeiras, Tigres-MEX, River Plate-ARG e Atlético-PR na fase de mata-mata.

Mais tarde naquele ano, a equipe comandada por Paulo Autuori conquistaria o Mundial de Clubes da Fifa, vencendo o Liverpool na grande final em uma partida histórica, que contou com gol de Mineiro e a incrível defesa de Rogério Ceni em cobrança de falta de Gerrard.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 x 0 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14 de julho de 2005, quinta-feira
Horário: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Horácio Elizondo (Argentina)
Assistentes: Rodolfo Otero e Juan Carlos Rebollo (ambos da Argentina)
Público: 71.986 pagantes
Renda:
R$ 3.026.395,00
Cartões amarelos:
 Lugano, Fabão e Danilo (São Paulo); Evandro, Cocito e André Rocha (Atlético-PR)
Gols: SÃO PAULO: Amoroso, aos 16 minutos do primeiro tempo, Fabão, aos 7, Luizão, aos 25 e Diego Tardelli, aos 43 minutos do segundo tempo.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Fabão, Diego Lugano e Alex; Cicinho, Mineiro, Josué, Danilo e Junior (Fábio Santos); Amoroso (Diego Tardelli) e Luizão (Souza)
Técnico: Paulo Autuori

ATLÉTICO-PR: Diego; Jancarlos, Danilo, Durvão e Marcão (Fernandinho); Cocito, André Rocha (Alan Bahia), Evandro e Fabrício; Lima (Rodrigo) e Aloísio
Técnico: Antônio Lopes

2 comentários em “São Paulo comemora 13 anos da conquista do tri da Libertadores

  1. Que jogo e que emoção foi ver o tricampeonato da Libertadores.
    Foi um verdadeiro resgate di DNA vencedor do SPFC, marcando mais uma vez a primeira década dos anos 2000 como o time brasileiro com o maior número de conquistas importantes.
    Saudades de mais uma arrancada futebolística daquela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*