São-paulinos são espancados em estação após assistirem à derrota no Morumbi

Charles Lemos dos Santos foi espancado em frente à estação da Luz de metrô, no centro da capital paulista, na madrugada desta quinta-feira, pouco depois do seu time, o São Paulo, ser derrotado pelo Penapolense, no Morumbi, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. O rapaz, que voltava para casa com mais dois amigos, está internado no Hospital das Clínicas.

Em contato com a polícia, o UOL apurou que os três foram surpreendidos por seis indivíduos, que desceram de dois carros pretos portando barras de ferro, por volta das 3h30. Segundo a polícia, os bandidos teriam encurralado e agredido os jovens “por motivos fúteis”.

Dois dos torcedores estavam uniformizados. Charles sofreu ferimentos mais sérios na cabeça e foi encaminhado para o hospital. Os seus dois amigos tiveram apenas lesões leves e foram conduzidos ao 2º DP para prestar depoimento à polícia e registrar o boletim de ocorrência.

Os são-paulinos estavam em frente à estação da Luz esperando o metrô abrir para que pudessem voltar para casa. As estações fecham as portas por volta da meia-noite e abrem às 4h40 da madrugada. Como o jogo entre São Paulo e Penapolense se estendeu e só foi decidido nos pênaltis, os torcedores só conseguiram deixar o Morumbi depois desse horário e não chegaram na estação a tempo.

O caso é bastante semelhante a um outro ocorrido no fim de fevereiro. Na ocasião, o torcedor santista Márcio Barreto de Toledo, de 34 anos, foi morto após ser atacado por um grupo de torcedores ligado a uniformizadas do São Paulo.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*