São-paulinos dizem que vaias no Paulista não se justificam

O São Paulo é líder do Campeonato Paulista e, ainda assim, sofreu com vaias dos torcedores na vitória por 3 a 2 em cima do Oeste, neste domingo. Para os jogadores, os protestos em jogos do estadual não se justificam e a insatisfação vinda das arquibancadas é reflexo do desempenho ruim da equipe na Libertadores.

“No Paulista somos líderes, não tem o que falar. Não tem ninguém melhor que a gente. Estamos em um momento que sabemos que, se não tiver cabeça focada, não vamos sair dessa situação, mas o grupo está bem fechado e a cobrança é pelo momento da Libertadores”, explicou o lateral Carleto.

O zagueiro Edson Silva lembrou a conquista da Copa Sul-Americana do ano passado como exemplo de superação. Para ele, a situação de agora é parecida. “Ano passado passamos por esse mesmo tipo de turbulência quando caímos fora da Copa do Brasil. Ney consertou a casa e ganhamos um título internacional. A gente teve boa campanha no Brasileiro. Só a gente pode tirar o time dessa situação e classificar o time para a Libertadores”, disse.

No Grupo 3 da Libertadores, o São Paulo ocupa a segunda posição, com quatro pontos conquistados. O Arsenal de Sarandí tem o mesmo número de pontos do time tricolor, mas perde nos critérios de desempate. O time do Morumbi ainda tem dois jogos para fazer, o Strongest, na Bolívia, e o já classificado Atlético-MG em casa.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*