Rogério: “Pelé é inigualável”

“Pelé é inigualável, não tem comparação”. Assim o goleiro Rogério Ceni, um dos grandes ídolos da história do São Paulo, define o Rei do Futebol. E nesta quarta-feira (20), no Morumbi, diante da Ponte Preta, o M1TO irá igualar uma marca que pertence ao maior jogador de todos os tempos: mais jogos em um mesmo time brasileiro. Porém, apesar de atingir 1116 partidas pelo Tricolor, o camisa 01 só aceita um tipo de comparação com o ex-atacante do Santos: a dedicação.

“Agora, como determinação, como atleta que vestiu uma única camisa… Ele jogou nas décadas de 1960 e 70, 40 anos atrás. Nos dias atuais, em que é difícil ter uma longevidade grande, por bons negócios ou lesões, brigas… É um casamento legal com o São Paulo, de 23 anos. Não me faço de coitado, sou remunerado, mas tenho carinho muito especial cada vez que visto essa camisa”, afirmou o arqueiro, que já defendeu o clube em 1115 jogos até aqui.

Com dezenas de títulos no currículo, como a Libertadores da América e Mundial, em 2005, o capitão são-paulino foi elogiado por Pelé. “É difícil, hoje em dia, ver alguém ter tantos jogos assim em uma mesma equipe. O Rogério é um exemplo, e espero que ele tenha sorte no São Paulo”, disse o eterno craque da Seleção Brasileira, que encantou o mundo nas décadas de 50, 60 e 70.

Líder da equipe, Rogério nunca escondeu o seu amor pelo Tricolor. Ao longo da carreira, o goleiro balançou as redes 113 vezes, praticou inúmeras grandes defesas e foi construindo o seu nome na história do São Paulo. Assim, o arqueiro foi colecionando conquistas, que ainda incluem o Tricampeonato Brasileiro, em 2006, 2007 e 2008, e a Copa Sul-Americana de 2012.

“Minha dedicação aqui foi 100% em todos os dias. Você conta nos dedos de uma mão os dias que cheguei atrasado, as partidas que fiquei fora. Nunca me acomodei, sempre quis mais. Logicamente, tenho que ver os limites. Que, com 40 anos, são diferentes de quando eu tinha 20. Mas tento fazer sempre o melhor”, finalizou o M1TO.

Na noite desta quarta-feira, diante da torcida são-paulina, Rogério Ceni tentará escrever mais um capítulo na sua história vencedora. Diante da Ponte Preta, que eliminou Deportivo Pasto-COL e Vélez-ARG pelo caminho, o São Paulo fará o primeiro jogo da semifinal do torneio continental. O vencedor, após os dois confrontos, enfrentará Libertad-PAR ou Lanús-ARG na decisão, que rende uma vaga na Libertadores de 2014.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*