Rogério Ceni ressalta placar e vê com ‘naturalidade’ desabafo do meia Ganso

O goleiro Rogério Ceni não viu com maus olhos o empate sem gols neste domingo, entre São Paulo e Palmeiras, no estádio do Morumbi, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. Logo no começo do segundo tempo, aos 4 minutos, o zagueiro Lúcio foi expulso após fazer falta no meia chileno Valdivia.

– Não sairíamos satisfeitos se tivéssemos os 11 em campo, mas não é um resultado de todo ruim – afirmou.

Acerca do lance que originou a expulsão do zagueiro Lúcio, o ídolo são-paulino afirma não ter convicção para julgar como foi a jogada.

– O lance foi no meio, foi tudo muito rápido, teve o movimento do braço, não sei se houve a cotovelada. De onde eu estou, não dava para ver, e acho que nem o árbitro conseguiu, porque o ângulo dele era ainda pior. Mas alguém pode ter tido uma visão melhor, ele falou que todo mundo me avisou que foi cotovelada. Foi duvidoso para mim, mas de resto acho qe foi super bem o árbitro – declarou.

Rogério Ceni também comentou o desabafo do meia Paulo Henrique Ganso. Após ter sido substituído, o camisa 8 do Tricolor esbravejou consigo mesmo no banco de reservas. O goleiro não critica o ato do Maestro, que tem sofrido com as críticas, e também aprovou as alterações de Ney Franco.

– É natural (o desabafo). É que vocês (jornalistas) pegam muito no pé dele, mas ele é bom menino, jogou bem no primerio tempo, ajudou quando ficamos com dez em campo, mas não são atletas com característica de marcação. (O Ney) Acertou o time, deixou bem postado e naquele momento era o que tinha que ser feito. O Ney fez as alterações pelo melhor do time. Se ficou irritado está ótimo, não tem problema também – afirmou o goleiro, que prosseguiu.

– Ele é o que mais entrou em jogos do São Paulo e falam que ele não tem sequência. Jogar 90 minutos quarta e domingo não é facil. Se para mim que sou goleiro já é ruim, imagina para um jogador de linha – completou.

Agora o São Paulo volta aos treinamentos na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda, visando o confronto diante do Arsenal (ARG), pela Copa Libertadores.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*